Seedorf se aposenta como jogador, deixa Botafogo e será técnico do Milan

O holandês Clarence Seedorf anunciou nesta terça-feira, em entrevista coletiva no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, sua aposentadoria como jogador e consequente saída do Botafogo, e também que assumirá o cargo de técnico do Milan.

Seedorf chegou ao Botafogo em junho de 2012 após deixar justamente o clube italiano, que havia defendido por dez anos. Em uma vitoriosa carreira na qual conquistou quatro títulos da Liga dos Campeões, entre outros troféus, o agora ex-jogador também atuou por Ajax, no qual foi revelado, Sampdoria, Real Madrid e Inter de Milão.

“Foi uma noite muito difícil, mas estou muito satisfeito com o que fiz na minha carreira, com o que fiz no Botafogo, conseguindo ir para a Libertadores depois de 17 anos”, disse o ex-meia, que logo nas primeiras palavras na entrevista confirmou a aposentadoria dentro de campo.

O holandês aproveitou para falar do carinho que continuará a ter pelo time da Estrela Solitária.

“Vou continuar seguindo o Botafogo à distância. O desejo maior é de que o Botafogo possa manter sua autoestima, manter o profissionalismo. Manter o que a gente construiu. O nível em geral, dentro do Botafogo, melhorou graças ao empenho de todo mundo. Acho que as pessoas que estão aqui têm condições de manter o Botafogo onde ele tem que estar”, afirmou.

O holandês confirmou que irá a Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde o Botafogo faz pré-temporada, para se despedir do restante do elenco. O presidente alvinegro, Maurício Assumpção aproveitou para dar o adeus oficial do clube ao agora ex-craque.

“É muito claro e muito evidente que no Botafogo, nesse momento, existe um sentimento de tristeza. É óbvio que nós botafoguenses e eu, como presidente, ficamos tristes, porque temos o desafio mais importante dos últimos 17 anos de nossa história. É óbvio que gostaríamos de contar com o Seedorf”, lamentou.

“Tenho um orgulho muito grande de o Clarence Seedorf fazer parte da história do Botafogo e o Botafogo fazer parte da história do Clarence Seedorf. Falar das qualidades técnicas, eu vou ser repetitivo, falar do homem, eu vou ser repetitivo. Você (virando-se para Seedorf) foi importante no projeto do Botafogo, principalmente no projeto das divisões de base. O quanto os meninos viam em você um exemplo, você não faz ideia”, completou Assumpção.

Visivelmente emocionado, o dirigente aproveitou para “sondar” o agora técnico Seedorf para uma nova parceria.

“É muito bom saber que o mundo do futebol ganha um treinador como você. Eu tenho pena dos outros clubes italianos. Mas eu não vou te dar um adeus, só um até logo, porque eu tenho certeza lá na frente que Clarence Seedorf e Botafogo irão se encontrar de novo”, garantiu.

Logo depois, Assumpção entregou uma homenagem a Seedorf, um quadro com duas imagens do holandês, com os dizeres, Obrigado e “Buona Fortuna” (boa sorte, em italiano).

O Milan está sem técnico desde ontem, quando o italiano Massimiliano Allegri foi demitido devido à péssima campanha no Campeonato Italiano. O clube, que segue na disputa da Liga dos Campeões da Europa, perdeu no fim de semana para o modesto Sassuolo por 4 a 3 e ocupa apenas a 11ª colocação na competição nacional.

Fonte: Agência EFE

Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>