De 20 anos para 29: aumentada a pena de Pedro Corrêa

O Tribunal Federal da 4ª Região (TRF4) elevou a pena do ex-deputado Pedro Corrêa de mais de 20 anos de prisão para 29 anos, 5 meses e 10 dias de reclusão, por corrupção e lavagem de dinheiro. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (13) durante sessão realizada em Porto Alegre.

Dois réus no processo tiveram as penas mantidas. Ivan Vernon Gomes Torres Júnior teve pena de 5 anos de prisão e Rafael Ângulo Lopez, delator da operação, de 6 anos e 8 meses de reclusão. Outros dois foram absolvidos: Fábio Corrêa de Oliveira Andrade Neto e Márcia Danzi Russo Corrêa de Oliveira.

O advogado de Pedro Corrêa, Alexandre Augusto Lopes, pedia a diminuição para próximo da pena mínima, tanta para corrupção quanto para lavagem de dinheiro. “É direito do réu não concordar com pena, há caso mais graves [de réus da Lava Jato] com penas menores. Há casos envolvendo mais dinheiro, situações mais complexas”, observou o advogado ao G1 antes do julgamento.

O ex-deputado Pedro Corrêa foi condenado em outubro de 2015 em sentença do juiz federal Sérgio Moro, referente à 11ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em abril daquele ano. Pedro Corrêa já havia sido condenado no processo do Mensalão e, quando foi preso na Lava Jato, cumpria pena de 7 anos e 2 meses em regime semiaberto.

Fonte: Magno Martins

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atividades
Gonzaga Patriota visita o município de Bonito ao lado do Governador Paulo Câmara

Em visita ao município de Bonito, nesta sexta (19), o deputado federal Gonzaga Patriota esteve ao lado do governador Paulo Câmara no lançamento da pedra fundamental de duas importantes instituições: a Companhia de Polícia Militar e o Batalhão do Corpo de Bombeiros do município. As obras são fruto de esforços …

Clipping
Papa pede preservação da natureza e da cultura indígena na Amazônia

Em sua primeira missa no Peru, o papa Francisco pediu nesta sexta-feira (19) para preservar a Amazônia dos interesses dos “grandes negócios e da ganância consumista” e chamou o tráfico de pessoas de “escravidão”. Francisco começou a visita por Puerto Maldonado, a 232 km da fronteira com o Acre. Diferentemente …

Clipping
Maior lixão da América Latina encerrará atividades neste sábado

Considerado o maior lixão da América Latina, o Lixão da Estrutural será desativado, após quase 60 anos em funcionamento. Com aproximadamente 200 hectares, a área fica próxima ao Parque Nacional de Brasília e a cerca de 20 quilômetros da Esplanada dos Ministérios. O local integra a lista dos 50 maiores …