De 20 anos para 29: aumentada a pena de Pedro Corrêa

O Tribunal Federal da 4ª Região (TRF4) elevou a pena do ex-deputado Pedro Corrêa de mais de 20 anos de prisão para 29 anos, 5 meses e 10 dias de reclusão, por corrupção e lavagem de dinheiro. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (13) durante sessão realizada em Porto Alegre.

Dois réus no processo tiveram as penas mantidas. Ivan Vernon Gomes Torres Júnior teve pena de 5 anos de prisão e Rafael Ângulo Lopez, delator da operação, de 6 anos e 8 meses de reclusão. Outros dois foram absolvidos: Fábio Corrêa de Oliveira Andrade Neto e Márcia Danzi Russo Corrêa de Oliveira.

O advogado de Pedro Corrêa, Alexandre Augusto Lopes, pedia a diminuição para próximo da pena mínima, tanta para corrupção quanto para lavagem de dinheiro. “É direito do réu não concordar com pena, há caso mais graves [de réus da Lava Jato] com penas menores. Há casos envolvendo mais dinheiro, situações mais complexas”, observou o advogado ao G1 antes do julgamento.

O ex-deputado Pedro Corrêa foi condenado em outubro de 2015 em sentença do juiz federal Sérgio Moro, referente à 11ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em abril daquele ano. Pedro Corrêa já havia sido condenado no processo do Mensalão e, quando foi preso na Lava Jato, cumpria pena de 7 anos e 2 meses em regime semiaberto.

Fonte: Magno Martins

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>