Macron pede responsabilidade para evitar aumento da tensão na Coreia do Norte

O presidente da França, Emmanuel Macron, fez neste sábado (12) um apelo à responsabilidade “de todos” para se evitar uma escalada da tensão na Coreia do Norte, que, em sua opinião, constitui uma ameaça. “A comunidade internacional deve agir de forma coordenada, firme e eficaz, como acaba de fazer o Conselho de Segurança [das Nações Unidas], para que a Coreia do Norte retome incondicionalmente a via do diálogo “, disse Macron, em um comunicado.

Segundo a nota, Macron “garante aos aliados e parceiros da França na região a sua solidariedade perante a situação atual, e insta, além disso, a responsabilidade de todos para impedir uma escalada das tensões “. O presidente francês manifestou ainda sua preocupação perante o agravamento da ameaça balística e nuclear procedente da Coreia do Norte, que, em seu julgamento, prejudica “a preservação da paz e da segurança internacional”.

A presidência francesa considerou no seu comunicado que isto “delineia uma ameaça séria sobre a segurança” dos países vizinhos e sobre “a perenidade do regime internacional de não-proliferação nuclear”.

Com os demais membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas, a França salientou que pede à Coreia do Norte que “cumpra sem demora as suas obrigações internacionais e proceda o desmantelamento completo, verificável e irreversível dos seus programas nucleares e balísticos”.

O seu comunicado não citou de forma direta os Estados Unidos, cujo presidente, Donald Trump, advertiu nesta sexta-feira (11) que suas forças armadas estão prontas “para o combate” com Pyongyang, com o que prosseguiu a hostilidade retórica mantida entre ambos países nos últimos dias.

Fonte: waldiney Passos

Blog do Deputado Federal Gonzaga Patriota (PSB/PE)

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>