Polícia Militar é recebida a tiros na comunidade Irmã Dorothy

Comunidade DorothyA Polícia Militar foi recebida a tiros durante uma operação, na manhã desta sexta-feira (22), na comunidade Irmã Dorothy, na Imbiribeira, Zona Sul do Recife. A ação começou por volta das 9h, liderada pelo serviço de inteligência do 19° Batalhão da Polícia Militar (BPM). Até as 13h, duas pessoas tinham sido presas e uma grande quantidade de maconha apreendida, assim como três armas.

A operação foi para prender os suspeitos de matar duas pessoas na comunidade Entra Pulso, em Boa Viagem, também na Zona Sul, no último fim de semana, além de combater o tráfico de drogas na região. Agentes do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati), com apoio de um helicóptero da Secretaria de Defesa Social (SDS), entraram na Irmã Dorothy, o que motivou o início de uma troca de tiros.Duas pessoas foram presas – a informação inicial era que um adolescente tinha sido apreendido, mas trata-se de dois adultos, identificados como Thiago, de 18 anos, e Cláudio Alves, de idade não informada. Eles foram feridos durante o tiroteio e levados, escoltados pela Polícia Militar (PM), para a UPA da Imbiribeira. Outras três pessoas estão foragidas.

Três armas foram apreendidas, e uma grande quantidade de maconha foi encontrada escondida no mangue. Após uma hora de escavações, a polícia também encontrou um tonel, enterrado no terreno onde uma casa estava sendo construída, mas ele estava vazio. A suspeita é que ele seria usado para esconder drogas.

Por volta das 12h50, a PM seguiu para outra localidade, mas a corporação ainda não confirmou se houve novas prisões. Pelo menos 20 viaturas estão sendo utilizadas. Às 15h20, a operação já tinha encerrado.

Informações desencontradas
A PM tinha recebido a informação de que outro suspeito ferido no tiroteio teria sido levado para UPA da Imbiribeira, mas a pessoa socorrida foi baleada em Afogados, também na Zona Sul.

Disputa entre comunidades
O duplo assassinato ocorreu no último domingo (17), por volta das 18h30. Duas pessoas foram levadas em um carro, mortas ou ainda feridas, à entrada da comunidade Entra Pulso. Câmeras flagraram o momento em que homem tocam fogo no veículo com as vítimas dentro. Os criminosos também efetuaram disparos no momento da fuga.

A Polícia Civil disse que a ação foi uma espécie de recado para os líderes do tráfico na localidade. A suspeita é que duplo homicídio foi praticado por traficantes da Irmã Dorothy. As duas comunidades são vizinhas e disputam pelo controle do tráfico de drogas na região.

Fonte: Folha-PE

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>