66% das transações bancárias são feitas por internet banking, aplicativos ou call centers, diz BC

Clipping

Levantamento do Banco Centralaponta que duas em cada três transações bancárias no país são feitas, atualmente, por meio de aplicativos de celular, internet banking ou call centers, o que corresponde a 66% do total de operações. Apenas um terço das transações ainda é realizada em pontos de atendimentos dos bancos, destaca o estudo.

Segundo o Banco Central, o celular é o meio mais utilizado pelos clientes das instituições bancárias. Com quase 25 bilhões de transações registradas no ano passado, os operações por meio de telefones móveis representa 35% do total.

As informações fazem parte do Relatório de Cidadania Financeira, elaborado pelo Banco Central. O estudo será divulgado nesta quarta-feira (7), às 10h, em Brasília.

De acordo com a autoridade monetária, essas operações remotas cresceram 21% entre 2016 e 2017.

Na segunda posição das transações remotas está o internet banking, quando a operação ocorre pelo site da instituição bancária ou por aplicativos. O Banco Central informou que, em 2017, houve 20 bilhões de operações pela internet.

“O futuro, no que diz respeito a acesso e uso de serviços financeiros, caminha para ser digital. O uso de instrumentos eletrônicos pode contribuir para aumentar a inclusão financeira dos cidadãos [uma vez que a tendência é que tenham custos mais baixos] e para maior eficiência e segurança no mercado de pagamentos de varejo brasileiro”, avalia o relatório do Banco Central a que a TV Globo teve acesso antecipadamente.

Atendimento presencial

Embora em menor ritmo, as transações em canais presenciais também cresceram, informou o estudo do Banco Central. Conforme a instituição, em 2017, foi registrado um avanço de 7% nesses atendimentos, após queda de 5% no ano anterior.

Segundo o BC, todos os 5.570 municípios brasileiros têm, pelo menos, um ponto de atendimento físico. Ao todo, informa o estudo, havia, até dezembro do ano passado, 257.570 pontos de atendimento físico, que incluem agências bancárias, correspondentes bancários e caixas eletrônicos.

A instituição ressalta ainda que, apesar de a digitalização ser um movimento crescente, os bancos precisam considerar que parte da população não tem acesso aos canais bancários digitais, como os moradores de áreas distantes de centros urbanos. Esse perfil de usuário de serviços financeiros ainda depende das agências físicas dos bancos ou de correspondentes bancários.

“A transformação para o digital, portanto, precisa ser acompanhada para que se garanta que esse processo será, de fato, inclusivo”, diz trecho do relatório do BC.

O Banco Central também adverte no estudo que “o dinheiro em espécie continua sendo largamente utilizado”, mesmo com a expansão dos usuários de cartões de débito e crédito.

“Dados apontam que a utilização de canais presenciais, especialmente os correspondentes bancários, para pagamentos de boletos e realização de transferências ainda é grande. Além disso, o dinheiro em espécie continua sendo largamente utilizado”, enfatiza o levantamento.

Clipping
Gonzaga Patriota vai presidir eleição na Câmara

Caberá a ele decidir sobre uma possível questão de ordem pelo voto aberto. Como já mostramos, técnicos da Câmara e do Senado defendem o sigilo. Deputado com maior número de legislaturas, Gonzaga Patriota (PSB) vai presidir a sessão plenária que elegerá o novo presidente da Câmara. Com informações do Antagonista

Clipping
Emenda de Gonzaga Patriota viabiliza recursos para Vara da Infância e Juventude de Petrolina

A Vara da Infância e Juventude de Petrolina ganhou um importante reforço. É que a partir de agora, poderá contar com um veículo Aircross Citroen, cinco computadores, uma impressora e um bebedouro. O conjunto de equipamentos é resultado de parceria com o Governo Federal por meio de emenda parlamentar do …

Clipping
Para ter uma arma em casa, o gasto mínimo é de R$ 3,7 mil

O cidadão que decidir adquirir um revólver ou pistola após a entrada em vigor das novas regras para a posse de armasdesembolsará, no mínimo, cerca de R$ 3,7 mil para regularizar sua situação, cumprindo a todos os pré-requisitos exigidos por lei. O valor inclui a aquisição do armamento escolhido e a obtenção dos documentos necessários. A Agência Brasil consultou a …