Câncer de fígado vai além do álcool e diagnóstico tardio dificulta cenário

Clipping
O terceiro câncer com maior índice de mortalidade no mundo faz com que exista um consenso entre médicos especialistas: é preciso que a população o conheça melhor. Apesar dessa doença no fígado ser mais comum em países da África e do Sudeste Asiático, os casos nacionais trazem uma grande preocupação por serem diagnosticados tardiamente, quando existem poucas opções de tratamento.
De acordo com o DATASUS, os diagnósticos em estágios iniciais do carcinoma hepatocelular – forma mais comum de câncer de fígado primário –  só são feitos em 10% dos casos, sendo que em 62% das vezes essa identificação da patologia é feita já nos estágios muito avançados. Um dos fatores de risco para essa doença é a esteatose, a gordura no fígado muito comum em pacientes alcoólatras e entre quem tem obesidade, diabetes, hepatites virais ou triglicérides elevados.
  • Carcinoma hepatocelular (CHC) é a forma de câncer de fígado responsável por 3/4 dos casos
  • Pode acontecer com um único tumor que se espalha para as outras partes do fígado ou com múltiplos nódulos cancerígenos
  • O alcoolismo é um dos fatores de risco, mas as hepatites B e C também são sinais de alerta
O médico hepatologista Rogério Alves alerta para a importância dos exercícios físicos e dá dica sobre o consumo ideal do álcool: “Para evitar a gordura alcoólica é necessário seguir o recomendado pela OMS: dez doses semanais para as mulheres e quinze doses semanais para os homens, obedecendo sempre duas doses por dia no caso das mulheres ou três no caso dos homens. É necessário também ficar, ao menos, dois dias na semana sem ingestão de álcool”, alerta.
Rogério também explica que as cirroses podem levar ao câncer e que nem sempre elas têm a ver com o álcool. “Quando a gordura no fígado não é tratada, ela pode evoluir para um quadro de esteato-hepatite, que pode levar à cirrose. Essa doença se dá pelo acúmulo de lesões no fígado que foram se cicatrizando, mas não apenas o álcool pode causar lesões. As hepatites A, B e C, também são fatores de risco quando não tratadas.”
Clipping
Mais de 70% dos pequenos empresários usam redes sociais e aplicativos

Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) constatou que, nos últimos três anos, os pequenos negócios no Brasil investiram na informatização e na utilização de novas ferramentas digitais, em especial nas redes sociais. Pelos dados, 72% utilizam o WhatsApp para se comunicar com …

Clipping
Decisão sobre tabela do frete de cargas ficará para agosto

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, declarou que irá manter todas as ações que questionam a tabela de preço do frete de cargas em rodovias brasileiras. Relator das ações que questionam a constitucionalidade da tabela no STF, Fux se reuniu com representantes dos caminhoneiros e de entidades empresariais …

Clipping
Gestantes expostas à dengue têm de três a a 541 vezes mais chances de morrer

Um novo estudo reforça o alerta sobre os riscos da dengue para a mortalidade materna e os desafios da assistência às gestantes. O artigo “Dengue in pregnancy and maternal mortality: a cohort analysis using routine data” (Dengue na gravidez e mortalidade materna: uma análise de corte utilizando dados regulares), publicado este mês na Scientific Reports, da Nature, aponta …