Conta de água mais cara a partir em maio em Pernambuco

Clipping

A população pernambucana deverá ficar atenta, a partir de maio, à conta de água e esgoto. É que a Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados no Estado de Pernambuco (Arpe)autorizou, nesta quinta-feira (12), reajuste de 2,78% nos valores cobrados pela a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). As novas tarifas entram em vigor no dia 12 do próximo mês.

De acordo com a Arpe, o percentual representará aumento de R$ 1,12 na tarifa mínima convencional. Os clientes que pagam R$ 40,18 por apresentarem consumo mensal de até 10 mil litros de água (10m3) passarão a pagar R$ 41,30. Já para os clientes de baixa renda, que pagam a tarifa social, haverá aumento de R$ 0,23 na conta, aumentando a fatura de R$ 8,40 para R$ 8,63 por mês.

A decisão foi homologada pela Arpe e publicada no Diário Oficial de Pernambuco desta quinta. O reajuste acontece para fazer a reposição da inflação dos últimos 13 meses. A pedido da Compesa, o processo de revisão tarifária quadrienal foi suspenso devido à necessidade de uma avaliação mais detalhada do Estudo de Gestão de Ativos para adequação ao previsto na Resolução ARPE nº 88/2014.

https://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/04/12/NWS,65086,10,550,ECONOMIA,2373-CONTA-AGUA-MAIS-CARA-PARTIR-MAIO-PERNAMBUCO.aspx

Clipping
Julgamento de Maluf é suspenso com 4 votos a 3 contra recurso do parlamentar

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu a sessão de julgamento do recurso do deputado Paulo Maluf (PP-SP), que será retomado na sessão desta quinta-feira. Até o momento, quatro ministros votaram contra o cabimento de embargos infringentes (um tipo de recurso) da defesa de Maluf para …

Clipping
Firma associada a presidente acusada de operar caixa 2

Peça central no inquérito que apura se o presidente Michel Temer recebeu propina para beneficiar empresas que atuam no porto de Santos, a Rodrimar já foi investigada sob suspeita de ter comprado notas fiscais frias para gerar caixa dois. O principal alvo da investigação era Antonio Celso Grecco, que presidiu a …

Clipping
MPF diz não ser viável regras diferenciadas para visitas a Lula

O Ministério Público Federal entendeu não ser “viável a fixação ou a elasticidade de horário diferenciado para visitas” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado pela Operação Lava Jato, diante dos sucessivos pedidos à Justiça Federal. Políticos, parlamentares e apoiadores têm requerido o direito de visitar e …