Empresas aéreas criticam adiamento do horário de verão para 18 de novembro

Clipping

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa as maiores empresas áreas do Brasil, criticou nesta quinta-feira (5) o adiamento do horário de verão e disse que a mudança pode levar passageiros que compraram passagens com antecedência a perderem seus voos.

Por causa da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o governo decidiu adiar o início do horário de verão em duas semanas, do dia 4 de novembro para o dia 18 de novembro.

“Essa mudança trará sérias consequências para o planejamento da operação aérea e, consequentemente, para os consumidores com volume expressivo de passageiros podendo perder voos, pois os bilhetes foram adquiridos com antecedência”, disse a entidade em nota.

Segundo a associação, cerca de 42 mil voos poderão ser afetados e pelo menos 3 milhões de passageiros serão prejudicados.

A associação explicou que os passageiros que já compraram voos para os dias em que vigorariam o horário de verão podem ter planejado compromissos, escalas e conexões para outros voos contando com a alteração do horário e que o adiamento pode prejudicar essas pessoas.

Em nota a associação afirmou que a “antecedência na definição do período do horário de verão é fundamental para garantir o pleno funcionamento do setor, seja em voos domésticos (onde há diferentes fusos horários), seja em voos internacionais (conectividade com mais de 50 países)”.

Clipping
Governo economizará um terço das verbas disponíveis até março

A equipe econômica decidiu economizar um terço das verbas disponíveis no primeiro trimestre. A partir de abril, os gastos voltarão a subir até cumprirem a dotação prevista no Orçamento Geral da União para este ano. A medida consta do primeiro decreto de programação orçamentária e financeira de 2019, publicada hoje (15) à noite …

Clipping
Trump anuncia emergência nacional para construir muro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje (15) que vai declarar ainda nesta sexta-feira “emergência nacional” para financiar o muro na fronteira com o México. Em entrevista coletiva concedida no jardim da Casa Branca, ele disse que assinaria a declaração ao “voltar ao Salão Oval”. O norte-americano lembrou que o …

Clipping
Helicóptero vai agilizar atendimento médico a índios no Amazonas

O Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Parintins, no Amazonas, e mais seis municípios do interior do estado e do Pará, passarão a ter um helicóptero para atendimento aos pacientes. Os serviços da unidade beneficiam cerca de 17 mil pessoas distribuídas, segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), em três terras …