EUA anunciam a transferência de 1,6 mil imigrantes para prisões federais

Clipping

O Governo dos Estados Unidos vai transferir cerca de 1,6 mil imigrantes ilegais para prisões federais por falta de espaço nos centros de detenção para imigrantes, informaram as autoridades imigração americanas.

O Serviço de Imigração e Alfândegas dos EUA (ICE) afirmou na quinta-feira (7) que o “atual aumento de cruzamentos de fronteiras ilegais e a implementação da política de tolerância zero do Departamento de Justiça” foram os causadores da falta de espaço.

“O ICE está trabalhando para atender a demanda adicional de espaço de detenção para imigrantes”, explicou a porta-voz Danielle Bennett, em comunicado publicado pelos veículos de imprensa locais.

Ela disse que a reclusão de migrantes em prisões federais tem a previsão de ser “temporária”, até que o ICE amplie sua capacidade com a abertura de novos centros de detenção ou até que diminua a onda de cruzamentos nas fronteiras.

1 mil dos 1,6 mil imigrantes ilegais serão transferidos para uma prisão em Los Angeles (Califórnia), enquanto o restante seguirá para presídios no Texas, Oregon, Washington e Arizona.

Estes detidos enfrentam uma possível deportação, embora ainda estejam esperando apresentar seus casos perante juízes de imigração.

No mês passado, os EUA detiveram mais de 50 mil imigrantes ilegaisque cruzaram a fronteira sul com o México pelo terceiro mês consecutivo. Trata-se do número mais alto desde que Donald Trump assumiu o poder, quando reduziu drasticamente as chegadas.

Com o detidos em maio, praticamente triplicou o número dos detidos no mesmo mês do ano anterior.

Atividades
Gonzaga Patriota discute Anuário de Segurança Pública em programa de TV

A sensação de insegurança da população foi justificada mais uma vez pelos números do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Apesar de estados e união terem investido mais no setor, quase todos os tipos de crimes aumentaram no último ano. Os dados do Fórum Brasileiro de Segurança mostram um crescimento de …

Clipping
Consulta pública vai simplificar operações de microcrédito

Promover uma troca de experiências entre os povos indígenas e as crianças de escolas públicas e privadas, derrubando preconceitos e permitindo que crianças, adolescentes e professores conheçam mais da cultura ancestral. Esta é a principal filosofia do projeto Walê Fulni-Ô, que desde 1999 circula pelo Distrito Federal e esta semana …

Clipping
Consulta pública vai simplificar operações de microcrédito

O Banco Central (BC) publicou edital de consulta pública sobre operações de microcrédito. O objetivo é simplificar os requisitos técnicos para a concessão de microcrédito e ampliar o uso de tecnologias de informação e comunicação no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO). “Desse modo, reduzem-se os custos administrativos dessa linha de …