Faturamento do setor de franquias cresce 5,1% no primeiro trimestre

Clipping

O setor de franquias no país aumentou o faturamento em 5,1% no primeiro trimestre do ano na comparação ao mesmo período de 2017, ao passar de R$ 36,89 bilhões para R$ 38,762 bilhões. Considerando o período de 12 meses, houve crescimento de 7% – de R$ 154,426 bilhões para R$ 165,190 bilhões. Os dados foram divulgados hoje (10) pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

“Frente ao atual cenário da economia brasileira, consideramos esse desempenho positivo, pois foi registrado em um período de inflação muito baixa – ao contrário do primeiro trimestre de 2017 – e de início da recuperação de uma das mais longas crises que o país já viveu”, destacou o presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior.

Quanto ao movimento de abertura e fechamento de lojas no primeiro trimestre de 2018, o levantamento apontou uma variação positiva de 1% em relação ao mesmo período anterior. São registradas atualmente 144.527 unidades de franquias no país. Em relação à geração de empregos, a pesquisa indicou uma elevação de 0,9% no número de ocupações diretas no trimestre, totalizando 1.199.861 trabalhadores.

Entre os segmentos que apresentaram maior variação de crescimento nos meses de janeiro a março, o de hotelaria e turismo foi o que teve maior crescimento de faturamento (14,9%) na comparação com o mesmo trimestre de 2017.

O segundo melhor desempenho ficou com o segmento de serviços e outros negócios, que cresceu 9,3% no mesmo período, resultado impulsionado, principalmente, pelas franquias ligadas à área de logística. O segmento de entretenimento e lazer alcançou o terceiro melhor desempenho, com variação positiva de 7,8% no período pesquisado.

Clipping
Delator diz que empresário comprou 4 votos para Rio sediar Olimpíadas

Carlos Miranda, amigo de infância do ex-governador carioca Sérgio Cabral (MDB) e apontado como operador do esquema de corrupção liderado pelo político emedebista, afirmou à Justiça Federal nesta segunda-feira (21/5) que o empresário Arthur Soares Filho pagou US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 9,22 milhões) para comprar quatro votos de …

Clipping
Empresa da sogra de Lulinha fez pagamentos a operador, diz MPF

Uma empresa que tem como sócia a sogra do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luis da Silva, o Lulinha (foto em destaque), fez pagamentos para uma das companhias utilizadas pelo operador Adir Assad, que já firmou acordo de colaboração premiada na Operação Lava Jato. As informações, baseadas …

Clipping
Vice-secretário de Estado dos EUA vem ao Brasil discutir Venezuela

A instabilidade política da Venezuela será um dos assuntos a serem tratados em uma visita do vice-secretário de Estado norte-americano, John J. Sullivan, ao Brasil nesta terça-feira (22). Sullivan, o número dois do Departamento de Estado, também vem participar do lançamento do Fórum Permanente de Segurança Brasil-Estados Unidos. De acordo …