Gonzaga Patriota se posiciona contra o PL do Veneno

Clipping

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) se posicionou contrário ao Projeto de Lei 6.299/02, mais conhecido como PL do Veneno, que visa atualizar a lei dos agrotóxicos, de 1989 com, entre outros impropérios, mudar o termo “agrotóxico” para “defensivo fitossanitário”. A proposta é do atual ministro da agricultura, pecuária e abastecimento, Blairo Maggi, do PP.

O projeto atende apenas interesses de setores agroindustriais e autoriza o registro de agrotóxicos com substâncias que comprovadamente potencializam câncer, mutações genéticas, desregulações endócrinas e malformações fetais, além de retirar prerrogativas dos ministérios do Meio Ambiente e da Saúde nos processos de análise e registro de pesticidas, concentrando o poder de veto no Ministério da Agricultura.

Já está claro que, com o atual governo federal, onde algo puder piorar, irá piorar. Enquanto o mundo caminha para abolir o uso de agrotóxicos em nome de algo tão essencial quanto a saúde da população, o Brasil vai no caminho inverso e põe o lucro acima da saúde. Quero dizer que, tanto eu, como meu partido, o PSB, nos posicionamos totalmente contra o referido projeto e a favor da saúde da população brasileira”, avaliou.

Clipping
Preço da gasolina tem alta após seis semanas em queda

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgou um relatório sobre o preço do combustível no país. De acordo com o órgão, a gasolina nas bombas teve alta após seis semanas consecutivas de queda. O preço da gasolina subiu 0,13% na semana, custando R$ 4,50 por litro em média. Já o …

Clipping
Alerta: carro de som e minitrio apenas em ato de campanha nas eleições 2018

A menos de um mês do início da campanha eleitoral deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) fixou um entendimento sobre uma questão que vem causando polêmica: o uso de carros de som e minitrios. Em sessão realizada na última quinta-feira (19), respondendo a uma consulta do Solidariedade, …

Clipping
Empresários aguardam Refis do Supersimples para não fechar portas

Deve ser sancionado até o dia 6 de agosto, pelo presidente da República, Michel Temer, o projeto de lei complementar que vai permitir o retorno ao Simples Nacional dos microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte que foram excluídos do regime especial em 1º de janeiro por dívidas tributárias. …