INSS convoca mais de 152 mil brasileiros para pente fino até 4 de maio

Clipping

Brasileiros que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez têm até o dia 4 de maio para não perderem seus direitos. Segundo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mais de 152 mil segurados podem perder o benefício.

No entanto, apesar do fim do prazo, a lista completa dos convocados para o pente-fino foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), gerando críticas de especialistas.

De acordo com o INSS, este instrumento de convocação foi adotado em virtude da devolução pelos Correios da carta encaminhada pelo INSS ao endereço que consta no cadastro do Sistema Único de Benefícios (SUB), não tendo sido localizado o beneficiário em decorrência de mudança de endereço ou de informações incompletas no cadastro.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, “quem teve o seu nome publicado no DOU tem 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais 5 dias para agendar a perícia pelo telefone 135. Caso a perícia não seja agendada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o benefício será cessado”, diz o comunicado.

Clipping
Julgamento de Maluf é suspenso com 4 votos a 3 contra recurso do parlamentar

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu a sessão de julgamento do recurso do deputado Paulo Maluf (PP-SP), que será retomado na sessão desta quinta-feira. Até o momento, quatro ministros votaram contra o cabimento de embargos infringentes (um tipo de recurso) da defesa de Maluf para …

Clipping
Firma associada a presidente acusada de operar caixa 2

Peça central no inquérito que apura se o presidente Michel Temer recebeu propina para beneficiar empresas que atuam no porto de Santos, a Rodrimar já foi investigada sob suspeita de ter comprado notas fiscais frias para gerar caixa dois. O principal alvo da investigação era Antonio Celso Grecco, que presidiu a …

Clipping
MPF diz não ser viável regras diferenciadas para visitas a Lula

O Ministério Público Federal entendeu não ser “viável a fixação ou a elasticidade de horário diferenciado para visitas” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado pela Operação Lava Jato, diante dos sucessivos pedidos à Justiça Federal. Políticos, parlamentares e apoiadores têm requerido o direito de visitar e …