Ligação entre fixo e móvel vai ficar mais barata

Clipping

Ligar de um telefone fixo para um celular vai ficar mais barato a partir do próximo dia 25. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a tarifa pode ficar até 12,75% menor em ligações locais. Já nas chamadas interurbanas, a redução pode chegar a 7,41%. O valor exato vai depender da operadora do telefone fixo, pois o reajuste se deve à redução das tarifas cobradas a essas empresas.

“A redução das tarifas vale para as ligações originadas nas redes das concessionárias da telefonia fixa – Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel – destinadas às operadoras móveis”, informou a Anatel, explicando que o reajuste “vai acontecer por conta da redução das tarifas de interconexão, pagas pelas empresas que utilizam a rede de outro grupo” – taxas que foram “usadas inicialmente para subsidiar a instalação de redes das operadoras móveis”.

Como cada empresa utiliza a rede de telefonia de uma forma diferente, o reajuste previsto para 25 de fevereiro varia de acordo com a operadora. No caso das chamadas locais, por exemplo, a redução começa em 10,58% na Algar Telecom, que não atua no Nordeste, e vai até 12,75% na Vivo Telefônica.

Na Oi, a tarifa vai ficar 12,46% mais barata. Por isso, nos cálculos da Anatel, o preço médio das ligações locais de telefone fixo para móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem os impostos.

Já a tarifa das chamadas interurbanas vai cair de 3,98% a 7,41%. A maior redução será aplicada pela Algar Telecom e a menor, pela Claro. Mas haverá uma diferença de preço de acordo com o DDD do telefone chamado, fazendo com que as maiores reduções ocorram quando o primeiro dígito do DDD do telefone chamado é igual ao do telefone fixo que faz a ligação.

Por isso, em ligações entre DDD’s que começam com o mesmo número, a Claro poderá cobrar menos 4,86%. Já a Vivo terá uma tarifa 6,67% menor em casos como este e 5,44% menor quando o início dos DDD’s for diferente. Na Oi, a redução será de 5,6% e 4,6%, respectivamente.

“Para as ligações interurbanas feitas de fixo para móvel com DDD iniciando com o mesmo dígito, por exemplo, DDDs 61 (Distrito Federal) para 62 (Goiânia), o preço médio cairá de R$ 0,55 para R$ 0,39. Enquanto o preço médio das demais ligações interurbanas de fixo para celular, vai ser reduzido de R$ 0,62 para R$ 0,45”, concluiu a Anatel.

Ainda de acordo com a Agência, 23,6 milhões de consumidore devem ser beneficiados pelo reajuste. Afinal, em 2017, o Brasil perdeu 1,2 milhão de linhas fixas. Ficaram cerca de 40,7 milhões de linhas, sendo 23,6 milhões das concessionárias contempladas pela redução das tarifas.

http://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/02/07/NWS,58093,10,550,ECONOMIA,2373-LIGACAO-ENTRE-FIXO-MOVEL-VAI-FICAR-MAIS-BARATA.aspx

Clipping
Moro cancela audiências de processo que envolve Sítio de Atibaia por causa da paralisação dos caminhoneiros

O Juiz Sérgio Moro, que é responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, decidiu suspender as audiências de um processo da Operação Lava Jato marcadas para segunda-feira (28) por causa da greve dos caminhoneiros. As audiências envolvem testemunhas de defesa relacionadas ao processo do Sítio em Atibaia. O ex-presidente Lula …

Clipping
Aeroporto do Recife e mais 11 ficam sem combustível

Ao menos 12 aeroportos do país estão sem combustível nesta sexta-feira (25) por conta da paralisação de caminhoneiros, iniciada na última segunda (21). Eles continuam abertos, segundo a Infraero, mas só pousam e decolar as aeronaves que já tiverem reserva de querosene. O aeroporto de Brasília afirmou que suas reservas se esgotaram por volta das 8h, após …

Clipping
Mais de 1 bilhão de animais podem morrer, alerta entidade

Pelo menos 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos poderão morrer nos próximos dias devido à falta de ração no campo, fora os animais que estão em caminhões não autorizados a transitar nas rodoviais do país. Com a paralisação dos caminhoneiros, o risco aumentou, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal …