Mercado da TV paga apresenta recuo de 3,39% em 12 meses

Clipping

O mercado de TV paga no Brasil apresentou um recuo de 3,39% nos últimos 12 meses. De acordo com os números divulgados ontem (5) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), na comparação de julho de 2018 e o mesmo mês do ano passado houve uma redução de 625 mil contratos, registrando 17,83 milhões de assinaturas no mês passado. Na comparação com junho de 2018, a diminuição foi de 91 mil contratos, uma redução de 0,51%.

Segundo a Anatel, a maioria dos assinantes de TV por assinatura no país recebe a programação dos canais por satélite. A tecnologia responde por 54,53% dos contratos, registrando 9,72 milhões de assinantes. Em seguida vem o cabo, que registrou 42,18% da base de assinantes, com 7,52 milhões de clientes, e em terceiro lugar vem a fibra ótica, que responde por 585 mil acessos e 3,28% da base de assinantes.

Ao contrário das demais tecnologias, a fibra ótica apresentou crescimento na participação nos últimos 12 meses, com mais 241 mil contratos, um aumento de 69,82%. O mesmo acontece na comparação entre julho de 2018 e o mês anterior, mais 16 mil assinantes por fibra, crescimento de 2,78%.

As regiões Sul e Sudeste concentram os maiores mercados de TV por assinatura. O estado de São Paulo ocupa a primeira posição, com 37,51% da base de assinantes e 6,69 milhões de contratos. Em seguida vem o Rio de Janeiro, com 2,41 milhões clientes e 13,52% da participação. Minas Gerais ocupa a terceira posição com 1,56 milhão de assinantes e 8,76% do mercado; o Rio Grande do Sul vem em seguida com 7% do mercado e 1,25 milhão de assinantes, e o Paraná é o quinto com 830 mil assinantes e 4,65% de participação no mercado.

Nos últimos 12 meses, os maiores crescimentos da TV por assinatura foram registrados nas regiões Norte e Nordeste. Nesse período, o Ceará apresentou um aumento de 4,37%, adicionando mais 16 mil assinaturas de TV paga. Depois vem o Piauí, com mais 3 mil assinantes, um crescimento de 3,74%; seguido do Amazonas, com mais 10 mil, crescimento de 3,44%, e o Pará, que somou mais 9 mil e apresentou crescimento de 2,74%.

Entre as empresas, a Claro ocupa a primeira posição. Em julho, com 8,92 milhões de contratos, a empresa respondeu por metade do mercado de TV por Assinatura no país, com uma base de 50,04% contratos. A Sky vem em segundo lugar com 5,20 milhões de contratos e 29,19% da fatia de mercado, a Vivo vem depois com 9,06% de participação e 1,62 milhão de assinantes.

A Oi ocupa a quarta colocação com 1,57 milhão de assinantes e 8,78% do mercado. A empresa foi quem mais aumentou a base de assinantes no período de 12 meses, com mais 135 mil assinaturas, um crescimento de 9,44%. Os grupos Algar Telecom, Cabo e NossaTV detinham juntos 1% do mercado.

Clipping
China tem ampla oferta de soja e grande oscilação de preços é improvável, diz governo

A China tem amplos estoques de soja e flutuações de preço significativas são improváveis, disse uma autoridade do Ministério da Agricultura chinês nesta sexta-feira (19). Alguns especialistas do setor previram que o maior consumidor mundial de soja enfrentará uma escassez de oleaginosas no início do ano que vem, o que …

Clipping
China abate 200 mil porcos devido a surtos de peste suína africana

A China, o maior produtor de carne suína do mundo, abateu 200 mil porcos até o momento após surtos de peste suína africana, altamente contagiosa, disse autoridade de saúde animal chinesa nesta sexta-feira (19). Ao mesmo tempo em que isso representa um pequena porção dos quase 700 milhões de porcos …

Clipping
TSE adia para domingo (21) anúncio de medidas contra notícias falsas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou para domingo (21), às 14h, a entrevista coletiva marcada para esta tarde para anunciar medidas de combate à disseminação de notícias falsas (fake news) nas redes sociais. A entrevista foi adiada por causa de  incompatibilidades nas agendas dos participantes. A coletiva foi anunciada ontem …

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.