Número de mortes por H1N1 dobra em uma semana

Clipping
Em uma semana, seis pessoas que tiveram a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) faleceram em Pernambuco. Entre as vítimas, um bebê de um mês, que morava no muncipio de Carpina, na Mata Norte. Até o último dia 5, a Secretaria Estadual de Saúde havia registrado 594 casos de SRAG, quadro que pode ser provocado por diversos agentes (vírus, bactérias) e é caracterizado pela necessidade de internação de pacientes com febre, tosse ou dor de garganta associado à dispneia ou desconforto respiratório. Do total de casos, 22 tiveram resultado laboratorial positivo para influenza A(H1N1), 11 para influenza A(H3N2) e 1 para vírus sincicial respiratório (VSR).
Nas últimas semanas, a SES observou uma média semanal de 75 casos de Srag, enquanto anteriormente estavam sendo 50, ou seja, houve um incremento de 50%. Diante disso, a Secretaria ressalta a importância dos grupos prioritários para a vacina contra a influenza procurarem os postos de saúde para serem imunizados, medida que evita o agravamento da doença e óbitos. A SES também está encaminhando, nesta quarta-feira (16.05), uma nota de alerta para os municípios com as informações epidemiológicas e as orientações.
“Analisando os dados, verificamos um maior incremento de casos de Srag nas semanas epidemiológicas entre os dias 15 de abril e 5 de maio deste ano, além de um aumento da gravidade nos casos confirmados de influenza. Precisamos chamar a atenção do público alvo para a vacinação, bem como da importância da adoção das demais medidas de prevenção e do manejo adequado dos casos pelos serviços de saúde”, afirma a gerente de Controle de Doenças Imunopreveníveis da SES, Ana Antunes. A gerente ressalta, ainda, que, em 2018, não foi registrado nenhum vírus novo em circulação no Estado.
Para os serviços de saúde, Ana Antunes lembra a importância da notificação imediata dos casos de Srag, que é obrigatória, e do tratamento com oseltamivir. Pessoas que possuem fatores de risco para o agravamento que apresentarem sintomas de síndrome gripal também devem utilizar essa medicação.
A população em geral também pode adotar medidas simples para evitar a propagação da doença, a exemplo de: sempre lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel; cobrir o nariz e a boca com o antebraço ou lenço ao tossir ou espirrar e descartar o lenço no lixo após uso; evitar tocar olhos, nariz ou boca; evitar contato próximo com pessoas doentes.
Clipping
Com greve dos caminhoneiros, economia brasileira encolhe 3,34% em maio

A atividade econômica recuou em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apresentou queda de 3,34%, na comparação com abril, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (16). O recuo veio após crescimento de 0,5%, em abril comparado a março. Em maio, o país foi afetado pela crise …

Clipping
Projeto seleciona idosos para pesquisa “Musculação para seu Cérebro” em Petrolina

O Colegiado de Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas para o projeto de pesquisa “Musculação para seu Cérebro”. A iniciativa tem como público alvo homens e mulheres, com idade a partir de 65 anos, sedentários e com queixas de memória e …

Clipping
Busca das empresas por crédito no 1º semestre tem melhor resultado em 3 anos, diz Serasa

A procura das empresas por crédito cresceu 1,9% durante o primeiro semestre, o melhor resultado para o período em três anos, divulgou nesta segunda-feira (16) a Serasa Experian. O indicador ficou no azul por conta do forte crescimento na busca por empréstimos no primeiro trimestre, de 5,8%. No segundo trimestre, …