Plenário do Senado aprova por maioria reajuste de 16% a ministros do STF

Clipping
O Senado Federal aprovou, em votação nominal, por 41 votos a 16, nesta quarta-feira (7/11) a proposta de reajuste dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O PLC 27/2016 subiria de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil — um aumento de mais de 16%. A alteração tem efeito cascata, e eleva o teto do funcionalismo público e pode conceder automaticamente aumento para as carreiras de juízes, procuradores, promotores e parlamentares.
O PLC 28/2016, que trata de aumento salarial para o procurador-geral da República, com ganhos mensais fixados no mesmo patamar definido para os ministros da Suprema Corte, também foi aprovado em plenário, mas simbolicamente. A proposta foi incluída na pauta ontem também, como iniciativa do presidente da Casa.
O impacto estimado, segundo analistas, é de R$ 6 bilhões por ano. O último reajuste foi em 2014, mas a proposta de um novo reajuste gerou protestos dos integrantes da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). O projeto já havia sido aprovado pela Câmara, mas estava parado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado desde 2016.  A “pauta-bomba”, como é conhecida por parlamentares contrários à medida,  foi colocada de surpresa pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira, na noite de terça-feira (6/11).
O relator da matéria, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), deu parecer contrário ao aumento dos ministros do STF e ressaltou o “momento de crise” no qual o Brasil atravessa e afirmou ser “uma total irresponsabilidade” e “uma covardia com o povo brasileiro”. Para a senadora Gleisi Hoffmann (PT), o reajuste “não tem cabimento e é ofensivo à população que sofre com desemprego e baixa renda”.
Já para Romero Jucá (MDB-RR) e para o senador Renan Calheiros (MDB-AL), a necessidade de aprovar o reajuste é atribuída à boa relação que o Legislativo deve manter com o Judiciário. Ambos os parlamentares afirmaram que esperam que o presidente do STF, Dias Toffoli, cancele auxílio moradia aos ministros e outros penduricalhos. Assim, não afetaria o orçamento.
Clipping
STF só votará fim do auxílio-moradia após Michel Temer sancionar reajuste

As ações que discutem o auxílio-moradia pago à magistratura não deverão ser julgadas pelo plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) antes de o presidente Michel Temer sancionar o aumento do salário dos ministros. O reajuste foi aprovado no Senado na quarta-feira (7). Temer disse em conversas reservadas que irá sancionar …

Clipping
Operação Anjos da Lei combate tráfico de droga nas escolas

Policiais civis de todo o país participam de uma ação nacional de combate ao tráfico de drogas nas proximidades e dentro das escolas. A Operação Anjos da Lei cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em todos os estados e no Distrito Federal. De acordo com delegado-geral de …

Clipping
Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro

O volume de vendas do comércio varejista teve queda de 1,3% em setembro, na comparação com agosto, divulgou hoje (13) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado representa uma perda de ritmo, depois que as vendas subiram  2% no mês anterior. Segundo o IBGE, a média móvel …

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.