Setor de serviços cresce 1% em abril, primeira alta em 2018

Clipping

O setor de serviços iniciou o segundo trimestre crescendo pela primeira vez no ano e acima do esperado, impulsionado principalmente pelos transportes e atividades profissionais. O resultado, contudo, tende a perder força devido à greve dos caminhoneiros em maio, que impactou negativamente a economia.

Em abril, o volume de serviços avançou 1% na comparação com março, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (14).

O resultado ficou acima do restante do ano, após queda de 1,8% em janeiro, estabilidade em fevereiro e recuo de 0,2% em março.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve alta de 2,2% em abril, em linha com a expectativa de avanço 2,1%.

“O setor de transportes tem mostrado crescimento nos últimos meses e vai ser impactado em maio (pela greve dos caminhoneiros). Se esse impacto for mais forte, o crescimento desse mês pode ser anulado”, afirmou gerente de pesquisa do IBGE, Rodrigo Lobo, acrescentando que transporte reponde por 30% do setor de serviços, o segundo mais pesado, atrás apenas de comunicação.

Em abril, quatro das cinco atividades pesquisadas mostraram crescimento. Os destaques ficaram para a alta de 1,2% em transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, impulsionada principalmente pelo transporte aéreo, e para o avanço de 1,7% em serviços profissionais, administrativos e complementares.

Por 11 dias em maio, os caminhoneiros fizeram uma greve contra os elevados preços do diesel, causando desabastecimento em todo o país.

Somente serviços de informação e comunicação apresentou retração no mês de abril, de 1,1%. Já as atividades turísticas mostraram aumento de 3,3%.

O setor de serviços foi um dos mais afetados pela recessão enfrentada pelo país e vem mostrando dificuldades de recuperação mesmo com a inflação e os juros baixos. No primeiro trimestre, o crescimento dos serviços foi de apenas 0,1% sobre os três meses anteriores, segundo dados do Produto Interno Bruto, limitado pelo desemprego ainda elevado.

O cenário no Brasil é de confiança abalada, em um ano de eleição para presidente marcada por incertezas, economia instável, desemprego elevado e, mais recentemente, a greve de caminhoneiros que trouxe desabastecimento de forma generalizada.

As projeções para o crescimento da economia deste ano vêm sendo reduzidas por analistas e a pesquisa Focus realizada semanalmente pelo Banco Central aponta agora expectativa de 1,94% de expansão do PIB (Produto Interno Bruto, soma de todas as riquezas de um país).

Clipping
Ao lado de Paulo Câmara, Gonzaga Patriota cumpre agenda em cinco cidades do Sertão do São Francisco

Depois de passar pelo Sertão do Araripe, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) visitou mais quatro cidades, no Sertão do São Francisco, ao lado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, nesta sexta-feira (15). Na ocasião, a comitiva entregou e autorizou importantes obras para a região. Logo no início da manhã, …

Clipping
Confira os horários especiais dos shoppings e comércio durante os jogos do Brasil

Durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, o comércio da Região Metropolitana do Recife montou um esquema especial. Confira: O Patteo Shopping, em Olinda, nos dias dos jogos do Brasil, terá horário especial. No domingo (17/06) e na quarta-feira (27/06), as lojas fecham às 14h30 e reabrem às 17h30. Já na …

Clipping
Papa compara certos tipos de abortos a eugenia nazista

O papa Francisco comparou, neste sábado (16), o aborto praticado em caso de má-formação do feto com uma eugenia “de colarinho branco” como a praticada pelos nazistas, denunciando que “para ter uma vida tranquila, elimina-se inocentes”. “Ouvi dizer que está na moda, ou pelo menos é habitual, realizar exames durante …