Temer reunirá equipe de governo e base aliada para balanço de 2 anos

Clipping

O presidente Michel Temer vai reunir amanhã (15), no Palácio do Planalto, sua equipe ministerial, além de parlamentares da base aliada, para fazer um balanço dos dois anos de seu governo. A previsão é que essa reunião ocorra às 15h e o formato da cerimônia deve ser o já adotado na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), conhecido como Conselhão.

O presidente reunirá ministros, parlamentares e presidentes de estatais para apresentar as ações de seu governo, desde maio de 2016 até agora. O governo Michel Temer completou dois anos no último sábado (12). Nesse dia, o presidente usou o Twitter para fazer um balanço de sua gestão. Afirmou ter tirado o Brasil da recessão e disse que a economia do país deverá crescer mais de 2%. Além disso, citou a reforma do Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular como marcos de sua gestão.

Tais medidas, assim como a redução da inflação e dos juros básicos da economia, são assuntos frequentemente mencionados pelo presidente em seus discursos. Em cerimônias, ele frequentemente relembra essas medidas que, segundo dados do governo, tiraram o país da crise.

Posse

Michel Temer assumiu a Presidência da República em 12 de maio de 2016, após os senadores aprovarem a abertura do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o que resultou no afastamento dela do cargo. Em agosto, o Senado aprovou o impeachment e Temer assumiu a presidência efetivamente.

Clipping
Delator diz que empresário comprou 4 votos para Rio sediar Olimpíadas

Carlos Miranda, amigo de infância do ex-governador carioca Sérgio Cabral (MDB) e apontado como operador do esquema de corrupção liderado pelo político emedebista, afirmou à Justiça Federal nesta segunda-feira (21/5) que o empresário Arthur Soares Filho pagou US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 9,22 milhões) para comprar quatro votos de …

Clipping
Empresa da sogra de Lulinha fez pagamentos a operador, diz MPF

Uma empresa que tem como sócia a sogra do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luis da Silva, o Lulinha (foto em destaque), fez pagamentos para uma das companhias utilizadas pelo operador Adir Assad, que já firmou acordo de colaboração premiada na Operação Lava Jato. As informações, baseadas …

Clipping
Vice-secretário de Estado dos EUA vem ao Brasil discutir Venezuela

A instabilidade política da Venezuela será um dos assuntos a serem tratados em uma visita do vice-secretário de Estado norte-americano, John J. Sullivan, ao Brasil nesta terça-feira (22). Sullivan, o número dois do Departamento de Estado, também vem participar do lançamento do Fórum Permanente de Segurança Brasil-Estados Unidos. De acordo …