Trump ameaça sancionar países que não aceitam emigrantes deportados

Clipping

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta sexta-feira (2) impor sanções e tarifas ou inclusive cortar a ajuda financeira aos países que não aceitem receber cidadãos de sua nação que tenham sido deportados pelos EUA, entre os quais se encontram China e Cuba, segundo relatórios. A informação é da Agência EFE.

“Se eles não aceitarem, vamos impor sanções a esses países. Vamos impor tarifas a esses países. Eles vão aceitá-los tão rápido que terão a cabeça virada”, disse Trump, durante uma visita a uma divisão do Escritório de Proteção da Fronteira e Alfândegas (CBP, sigla em inglês).

“Simplesmente imporemos tarifas sobre seus bens que entrem aqui, e eles os aceitarão em dois segundos. Há muitas pessoas desses países, e eles vão aceitá-los” quando forem deportados, acrescentou o presidente. “E mais uma coisa, damos muita ajuda a alguns desses países. E a esses países, vamos deixar de ajudar, e os aceitarão de volta instantaneamente”, disse.

O governo de Trump já impôs sanções em setembro do ano passado, que consistem em restrições à emissão de certos vistos para entrar aos Estados Unidos, a quatro países – Cambodja, Eritréia, Guiné e Serra Leoa – devido à sua recusa de aceitar seus cidadãos quando foram deportados.

Segundo informações publicadas em maio do ano passado pelo jornal “The Washington Times”, que citava fontes do Escritório de Controle de Imigração e Alfândegas dos EUA, há 11 países que não cooperam com as autoridades migratórias americanas na hora de aceitar os emigrantes deportados.

Fonte: AB

http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-02/trump-ameaca-sancionar-paises-que-nao-aceitam-emigrantes-deportados

Clipping
Moro cancela audiências de processo que envolve Sítio de Atibaia por causa da paralisação dos caminhoneiros

O Juiz Sérgio Moro, que é responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, decidiu suspender as audiências de um processo da Operação Lava Jato marcadas para segunda-feira (28) por causa da greve dos caminhoneiros. As audiências envolvem testemunhas de defesa relacionadas ao processo do Sítio em Atibaia. O ex-presidente Lula …

Clipping
Aeroporto do Recife e mais 11 ficam sem combustível

Ao menos 12 aeroportos do país estão sem combustível nesta sexta-feira (25) por conta da paralisação de caminhoneiros, iniciada na última segunda (21). Eles continuam abertos, segundo a Infraero, mas só pousam e decolar as aeronaves que já tiverem reserva de querosene. O aeroporto de Brasília afirmou que suas reservas se esgotaram por volta das 8h, após …

Clipping
Mais de 1 bilhão de animais podem morrer, alerta entidade

Pelo menos 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos poderão morrer nos próximos dias devido à falta de ração no campo, fora os animais que estão em caminhões não autorizados a transitar nas rodoviais do país. Com a paralisação dos caminhoneiros, o risco aumentou, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal …