Renda mais alta não melhora comportamento financeiro do brasileiro, diz estudo

O brasileiro tem conhecimento sobre conceitos financeiros, mas não aplica essas noções no seu dia a dia, apesar do aumento da renda e do acesso ao crédito.

Na primeira pesquisa do indicador de educação financeira lançada pela Serasa Experian, nesta segunda (13), o brasileiro ganhou nota 6,0 na média geral.

Para o economista da Serasa Luiz Rabi, o acesso ao crédito ainda é recente para o consumidor do país, o que explica, em parte, a dificuldade em se planejar financeiramente.

Os principais problemas identificados pela pesquisa foram gastos maiores que renda, falta de poupança e de planejamento do futuro. “O brasileiro conhece razoavelmente bem o tema, sabe como deveria se comportar, mas na hora de colocar na prática ele se atrapalha”, diz.

O indicador foi dividido em três fatores: conhecimento –quanto o consumidor sabe; atitude –o que ele diz que faz; e comportamento –o que ele realmente faz.

No subíndice conhecimento, a média dos entrevistados foi 7,5, um bom resultado, segundo os economistas da Serasa. No quesito comportamento, porém, ela cai para 5,2. Já a média do subíndice atitude foi 6,3.

O problema do comportamento é geral e ultrapassa divisões de gênero, renda e escolaridade. Uma das revelações da pesquisa é que há pouca diferença entre homens e mulheres.

Segundo Rabi, “os homens sabem um pouco mais, sabem como deveriam se comportar, mas no comportamento são iguais às mulheres, fazem as mesmas bobagens”.

A renda maior também não garante uma prática melhor com o dinheiro. “O conhecimento da alta renda é maior, mas no comportamento são todos iguais”, diz Rabi. Apenas para faixa de renda abaixo de um salário mínimo, o subíndice comportamento é pior.

A pesquisa foi realizada pelo Ibope, com 2002 pessoas com mais de 16 anos, no primeiro trimestre deste ano.

CONTROLE DE GASTOS

O presidente da Serasa, Ricardo Loureiro, acredita que o cadastro positivo (lista de bons pagadores) pode melhorar o comportamento do brasileiro. “A implantação do cadastro positivo poderá, ao longo do tempo, evitar o superendividamento e eleva a nota do brasileiro em educação financeira”, diz.

Especialistas recomendam controlar as contas, estabelecer limites de consumo e poupar um percentual da renda todos os meses para ter uma vida financeira saudável.

Na hora de fazer compras, é preferível pagar à vista e negociar descontos. Se for necessário parcelar, é preciso ter certeza de que o valor das parcelas cabe no orçamento mensal.

De acordo com a TeleCheque, como regra geral, não se deve comprometer mais de 30% do salário com o pagamento de dívidas.

Fonte: Folha.com

Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clipping
Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio acumulado em R$ 37 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira (30) um prêmio acumulado e estimado em R$ 37 milhões. As seis dezenas do concurso 2.496 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo. Este é o segundo concurso da Mega-Semana de São João, com sorteios na terça-feira (28), hoje e no sábado (2). As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50. Fonte: EBC

Clipping
Prazo de entrega da declaração anual do MEI termina hoje

Os microempreendedores individuais (MEI) têm até esta quinta-feira (30) para acertar as contas com o Leão. Acaba hoje o prazo de entrega da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-MEI). A DASN-MEI deve ser entregue mesmo por quem enviou a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, cujo prazo acabou em 31 de maio. Deve entregar o documento quem atuou como MEI em qualquer período de 2021. Quem se tornou microempreendedor individual em 2022 só deve preencher a declaração em 2023. Caso o profissional autônomo esteja encerrando as atividades como MEI, também deve enviar o documento. Nesse caso, é preciso escolher a opção Declaração especial. A DASN-MEI está disponível na página do Simples Nacional na internet. Na declaração, o MEI deverá informar a receita bruta total obtida com a atividade em 2021. O microempreendedor que estava ativo, mas não faturou no ano passado, deve preencher o valor R$ 0,00 e concluir a declaração. Quem contratou empregado em 2021 deve marcar sim no campo que aparece no formulário. Quem preenche o Relatório Mensal de Receitas Brutas tem o trabalho facilitado. Basta somar os valores de cada mês e informar na declaração. Embora não deva ser entregue a nenhum órgão público, o Relatório Mensal de Receitas Brutas precisa ser preenchido até o dia 20 do mês seguinte às vendas ou à prestação de serviços. O documento deve ser arquivado por pelo menos cinco anos, junto com as notas fiscais de compra e venda. Quem não preencheu o relatório mensal pode apurar a receita bruta do ano anterior por meio da soma das notas fiscais. No entanto, terá mais trabalho do que quem inseriu os números no relatório mês a mês. Fonte: Agência Brasil

Clipping
Casos de Covid em Petrolina, número de pessoas positivadas pode ser bem maior

Não é nenhuma surpresa o que estamos presenciando após a festa de São João em Petrolina. O grande número de pessoas testando positivo para a doença já era esperado devido as grandes aglomerações de pessoas, sobretudo no Pátio de Eventos. Está sendo assim em Petrolina e não será diferente nas demais cidades que realizaram o evento junino. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nessa terça-feira (28) registrou 243 casos de Covid-19. Foram realizados 605 testes no polo montado pela secretaria. No entanto, há uma subnotificação,  muitas pessoas estão adquirindo os testes rápidos e realizando o procedimento em suas residências, ficando fora das estatistas oficiais do município. Os postos de testagens estão lotados, é muita gente com os sintomas da Covid 19: febre, coriza, dor de cabeça, tosse e etc. Por outro lado, informações dão conta que muitos profissionais da saúde também testaram positivo para a Covid e estão isolados em suas residências, sendo essa uma das grandes preocupações da gestora da saúde em colocar um maior números de profissionais para atender à população. Fonte: Waldiney Passos