Restaurantes em Xangai vendiam rato por cordeiro, revela polícia

Uma investigação feita pelo Ministério de Saúde Pública da China revelou que restaurantes em Xangai estavam vendendo carne de rato no lugar de cordeiro há quatro anos, em um esquema que pode ter arrecadado 10 milhões de yuans (cerca de R$ 3,5 milhões).

Um comerciante foi preso na cidade de Wuxi, no leste do país, como sendo o responsável pela venda da carne dos roedores para lojas e restaurantes. Ele tingia os filés de rato de vermelho para fazê-los passar por cordeiro.

A operação foi levada adiante como parte de uma ampla campanha contra fraudes alimentares inciada há três meses na China.

Mais de 20 mil toneladas de carne adulteradas ou usadas em fraudes desse tipo já foram apreendidas em 400 diferentes casos e mais de 900 pessoas foram presas, segundo a agência de notícias estatal chinesa.

Em outro caso semelhante, um grupo de chineses foi acusado de falsificar carne de cordeiro a partir de carne de raposa e de visom, tratadas com produtos químicos.

Recentemente, empresas de processamento de carne também foram acusadas de adulterar o peso de frangos, injetando água no corpo das aves abatidas.

Segundo um representante do Ministério de Saúde Pública, a investigação sobre alimentos adulterados está apenas no início — e agora irá se concentrar no setor de laticínios, foco de grande preocupação desde o caso de leite em pó contaminado com melamina, que causou o adoecimento de milhares de crianças em 2008.

Histórico

A questão da segurança alimentar sempre gerou apreensão na China.

Em 2006, uma investigação policial realizada em Xangai revelou que a carne utilizada em churrasquinhos de rua não era de cordeiro, e sim de gato.

Na internet, agora jovens chineses especulam, em tom de chacota, que com o uso dos gatos nos churrasquinhos, a população de ratos teria aumentado e servido para abastecer o comércio no sudeste do país.

O mais famoso episódio envolvendo alimentos contaminados na China foi o da a adulteração de leite infantil em 2008.

Na época, seis crianças morreram e pelo menos outras 300 mil ficaram doentes após consumirem o leite em pó com melamina.

Foi esse caso que deu início à campanha contra alimentos falsificados ou adulterados. E desde então, empresas que utilizavam hormônios e químicos para tratar carne de animais ou estender o prazo de validade de produtos — como as que adicionavam formol a macarrões instantâneos — foram autuadas.

No ano passado, uma investigação policial revelou que óleo usado em restaurantes estava sendo reutilizado na produção de antibióticos por indústrias farmacêuticas e levou à prisão mais de duas mil pessoas.

Ainda em abril de 2009 o governo provincial de Cantão prendeu um homem que vendeu mais de 1,6 mil quilos de carne de porco tingida com bórax (ou borato de sódio, um cristal usado contra cupins) para parecer carne bovina.

Fonte: R7

Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clipping
Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio acumulado em R$ 37 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira (30) um prêmio acumulado e estimado em R$ 37 milhões. As seis dezenas do concurso 2.496 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo. Este é o segundo concurso da Mega-Semana de São João, com sorteios na terça-feira (28), hoje e no sábado (2). As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50. Fonte: EBC

Clipping
Prazo de entrega da declaração anual do MEI termina hoje

Os microempreendedores individuais (MEI) têm até esta quinta-feira (30) para acertar as contas com o Leão. Acaba hoje o prazo de entrega da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-MEI). A DASN-MEI deve ser entregue mesmo por quem enviou a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, cujo prazo acabou em 31 de maio. Deve entregar o documento quem atuou como MEI em qualquer período de 2021. Quem se tornou microempreendedor individual em 2022 só deve preencher a declaração em 2023. Caso o profissional autônomo esteja encerrando as atividades como MEI, também deve enviar o documento. Nesse caso, é preciso escolher a opção Declaração especial. A DASN-MEI está disponível na página do Simples Nacional na internet. Na declaração, o MEI deverá informar a receita bruta total obtida com a atividade em 2021. O microempreendedor que estava ativo, mas não faturou no ano passado, deve preencher o valor R$ 0,00 e concluir a declaração. Quem contratou empregado em 2021 deve marcar sim no campo que aparece no formulário. Quem preenche o Relatório Mensal de Receitas Brutas tem o trabalho facilitado. Basta somar os valores de cada mês e informar na declaração. Embora não deva ser entregue a nenhum órgão público, o Relatório Mensal de Receitas Brutas precisa ser preenchido até o dia 20 do mês seguinte às vendas ou à prestação de serviços. O documento deve ser arquivado por pelo menos cinco anos, junto com as notas fiscais de compra e venda. Quem não preencheu o relatório mensal pode apurar a receita bruta do ano anterior por meio da soma das notas fiscais. No entanto, terá mais trabalho do que quem inseriu os números no relatório mês a mês. Fonte: Agência Brasil

Clipping
Casos de Covid em Petrolina, número de pessoas positivadas pode ser bem maior

Não é nenhuma surpresa o que estamos presenciando após a festa de São João em Petrolina. O grande número de pessoas testando positivo para a doença já era esperado devido as grandes aglomerações de pessoas, sobretudo no Pátio de Eventos. Está sendo assim em Petrolina e não será diferente nas demais cidades que realizaram o evento junino. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nessa terça-feira (28) registrou 243 casos de Covid-19. Foram realizados 605 testes no polo montado pela secretaria. No entanto, há uma subnotificação,  muitas pessoas estão adquirindo os testes rápidos e realizando o procedimento em suas residências, ficando fora das estatistas oficiais do município. Os postos de testagens estão lotados, é muita gente com os sintomas da Covid 19: febre, coriza, dor de cabeça, tosse e etc. Por outro lado, informações dão conta que muitos profissionais da saúde também testaram positivo para a Covid e estão isolados em suas residências, sendo essa uma das grandes preocupações da gestora da saúde em colocar um maior números de profissionais para atender à população. Fonte: Waldiney Passos