Plano Brasil Sem Miséria incentiva agricultor no interior de Pernambuco

A carne é saborosa e nutritiva. Os ovos  são maiores e com gemas mais pigmentadas. Assim são os derivados da  galinha caipira, com importantes ingredientes para os adeptos da  alimentação ambientalmente sustentável, nicho de mercado cada vez mais  difundido no Brasil.

Criadas em ambientes com baixo nível de  estresse e alimentação orgânica, as aves representam segurança alimentar para trabalhadores rurais do nordeste brasileiro, como Ailton José de  Freitas, mais conhecido como Ailton das galinhas.

Nos 30 hectares de terra do Sítio Cova  do Anjo, em Ouricuri (PE), Ailton cria galinhas. As aves são sua fonte  de renda durante todo o ano. O agricultor familiar está entre os 8,7 mil titulares do Plano Brasil Sem Miséria (PBSM) aptos a receber a primeira parcela do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, recurso destinado às famílias para a organização produtiva das propriedades.  Ailton vai aplicar o dinheiro na construção de um galpão para a criação  das aves. “Eu acredito que esse apoio será para o nosso crescimento”, conta.

Um dos pilares do Brasil Sem Miséria no  meio rural é a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), política  articulada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Depois de  selecionados, os agricultores são assistidos por técnicos que realizam  diagnósticos da Unidade de Produção Familiar (UPF) e, posteriormente,  elaboram o Projeto de Estruturação Produtiva e Familiar. Somente no  primeiro semestre de 2012, o serviço de Ater chegou em 129 mil famílias  em todo o país. O pagamento do fomento é vinculado a esse projeto de  estruturação

Fonte: Blog do Jornal Folha do São Francisco

Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>