Antes de ser preso, Garotinho prevê o pior para Temer

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (13) o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho. Ele foi condenado pela Justiça por compra de votos e terá de cumprir prisão domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica. Antes de ser preso, Garotinho usou seu blog para fazer projeções sombrias sobre o presidente Michel Temer caso o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está preso em Brasília, se torne um delator.

Garotinho deveria estar mais preocupado com sua própria situação.

Na apresentação de seu programa na rádio, vem a vinheta do “Fala, Garotinho” e – surpresa! – outro locutor entra no ar. “O nosso Garotinho até tentou fazer o programa, mas a voz foi embora”, diz. “A orientação médica é para ele parar de falar. Ele vai se cuidar para amanhã estar de volta.”

A “orientação médica” chegou vestida de preto, em forma de agentes com uniforme da Polícia Federal. Garotinho foi preso no estúdio da emissora, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O juiz Ralph Manhães determinou sua prisão sob os argumentos de que Garotinho ameaça testemunhas, atrapalha investigações ainda em andamento e até contratou um ex-policial civil para vascular a vida de autoridades que o investigam num caso de compra de votos em Campos dos Goytacazes.

Fonte: Magno Martins

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>