Revezamento feminino 4×100 do Brasil fica em 7º no Mundial de Londres

O revezamento 4×100 m feminino do Brasil terminou a final do Campeonato Mundial de Atletismo neste sábado (12), no Estádio Olímpico de Londres, em sétimo lugar, com o tempo de 42.63, no penúltimo dia de competições. A medalha de ouro ficou com os Estados Unidos, com 41.82. A prata foi para a Grã-Bretanha, com 42.12, e o bronze com a Jamaica, com 42.19.

A equipe formada por Franciela Krasucki, Ana Claudia Lemos, Vitória Cristina Rosa e Rosangela Santos, conseguiu a melhor marca do ano.”Cumprimos a nossa missão, melhorando o nosso resultado em relação à semifinal. Foi um ano difícil em que eu a e Franciela tivemos contusões”, disse Ana Claudia.

Sétima colocada nos 100 metros, o melhor resultado de uma atleta sul-americana na história do Mundial, Rosangela disse que agora é pensar em melhorar para as próximas competições. “Não dá para lamentar. O bicho pegou desde a largada. Estados Unidos, Grã-Bretanha, Jamaica, Alemanha estão melhor do que a gente. Vamos pensar para as próximas competições”.

Fonte: AB

Blog do Deputado Federal Gonzaga Patriota (PSB/PE)

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clipping
Petrobras anuncia mudanças na divulgação do preço da gasolina e do diesel

Para dar mais transparência à composição do preço final dos combustíveis, a partir de hoje (19) a Petrobras passa a divulgar o preço médio do litro da gasolina e do diesel nas refinarias e terminais do Brasil, sem incluir os tributos. Os valores estarão disponíveis no site da estatal. Com o reajuste …

Clipping
Exoneração de secretário de Segurança do Rio é oficializada

A exoneração do secretário estadual de Segurança do Rio de Janeiro, Roberto Sá, foi publicada na edição de hoje (19) do Diário Oficial do Estado. Sá apresentou o pedido de exoneração ao governador Luiz Fernando Pezão na última sexta-feira (16). O decreto do governador foi assinado na própria sexta-feira. A exoneração …

Clipping
Brasil e Colômbia firmam acordo bilateral de combate à corrupção

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Superintendência de Sociedades da República da Colômbia assinaram acordo de cooperação para aprimorar a investigação e a aplicação de sanções administrativas a empresas privadas envolvidas em práticas ilícitas. De acordo com a CGU, o memorando ratifica que Brasil e …