Explosão em frente ao Parque de Dois Irmãos deixa feridos e mutilados

Os visitantes e funcionários do Parque de Dois Irmãos, localizado no bairro de mesmo no Recife, testemunharam uma tragédia na tarde desta sexta-feira (12), Dia das Crianças. Um vazamento no cilindro de gás, supostamente uma mistura clandestina de componentes gasosos, causou uma explosão em frente ao zoológico deixando sete pessoas feridas. Entre as vítimas estão os dois vendedores de balões que utilizavam o gás e acabaram perdendo as duas pernas no acidente.

Três crianças que também estavam em frente ao Parque Dois Irmãos tiveram ferimentos leves e foram encaminhadas para a UPA dos Torrões e depois levadas para hospitais particulares. A unidade de saúde não forneceu mais detalhes sobre o estado delas.

Luanderson José da Silva de Oliveira, 19 anos, e Marcelo de Paula Santos, 42, foram encaminhados para o Hospital Getúlio Vargas (HGV), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife, já com as pernas comprometidas. O Portal NE10 teve acesso à um vídeo feito por uma testemunha após o acidente, mas, por conter imagens muito fortes, preferiu não publicá-lo.

As outras duas vítimas eram visitantes do parque. José André da Silva, de idade não divulgada, foi encaminhado para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife, com queimaduras pelo corpo. O homem está em estado grave, porém estável. A quarta vítima foi o adolescente Geraldo da Conceição Filho, 17, que foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá com ferimentos leves.

 assessoria de comunicação do Parque de Dois Irmãos informou que a manipulação de cilindros de gás não é permitida dentro do parque, porém, barracas instaladas em frente ao zoológico fazem uso desse material para encher balões de festa para comercialização.

O acidente causou pânico na multidão que visitava o parque. Por ser Dia das Crianças, o zoológico estima que pelo menos 10 mil pessoas estivessem visitando o parque nesta sexta-feira. O horto não chegou a ser fechado para os visitantes. O funcionamento do parque segue normal até o domingo (14).

No Getúlio Vargas, a esposa de Marcelo de Paula, Neiriane Alvarinho Borba, 38, disse que foi trabalhar com ele nesse Dia das Crianças mas que no momento da explosão não estava por perto. Ainda em estado de choque, a mulher da vítima contou que eles sempre vendem balões de gás em épocas comemorativas.

Também no HGV, a mãe do jovem Luanderson, a costureira Lindacir Miranda da Silva, de 38 anos, confirmou que o rapaz estava vendendo balões nesta sexta-feira, mas que usualmente ele é vendedor de água e cachorro quente. “Ele sofreu um acidente de moto na semana passada e ficou parado, sem trabalhar. Por causa disso, ele foi vender balão hoje [sexta-feira, 12] na tentativa de recuperar o tempo perdido”, contou a mãe da vítima.

Ainda de acordo com a costureira, o jovem estava enchendo os balões com um canudo até que o Marcelo, também ferido no acidente, chegou com os cilindros de gás. “Ele chegou dizendo que era melhor e mais rápido. Como o Luderson estava cansado eles fizeram um acordo e passaram a dividir o cilindro para encher as bolas”, detalhou. Por causa dessa relação entre as vítimas, o clima no hospital onde ambos estão hospitalizados ficou tenso e cheio de troca de acusações entre os familiares.

O Corpo de Bombeiros informou que no local do acidente foram encontrados outros dois cilíndro de gás, além do que explodiu. “Quando chegamos a cena era muito feia ao redor do cilíndro. As vítimas estavam no chão, muito sangue, curiosos. Encaminhamos as vítimas amputados para o hospital mais próximo que tinha o serviço de cirurgia vasculaar”, contou o tenente Geovane Custório, que fez o atendimento pré hospitalar das vítimas.

A corporação ainda aguardou a chegada dos peritos do Instituto de Criminalística (IC) para entregar o material. Os peritos ainda irão apurar as causas da explosão.

Fonte: Ne10

Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clipping
Presidente: aumento do Auxílio Brasil pode superar efeitos da pandemia

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (24) que o aumento dos índices de inflação tem, entre suas causas, problemas decorrentes do isolamento social, medida de combate à pandemia que, segundo ele, acabou por prejudicar a economia do país. Segundo o presidente, uma medida que pode ajudar na superação desses efeitos negativos causados pela pandemia na economia é o aumento no valor do Auxílio Brasil, de R$ 400 para R$ 600. As declarações foram feitas durante a cerimônia de inauguração dos Residenciais Canaã I e II, em João Pessoa (PB). De acordo com pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, está acumulado em 12,04%, nos últimos 12 meses.

Clipping
Saúde amplia público da campanha de vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde informou que a partir de amanhã (25) os estados e municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses de vida, enquanto durarem os estoques da vacina contra a influenza. Segundo o ministério, a ideia é que a ampliação na vacinação evite casos de complicações decorrentes da doença e impeça eventuais mortes e uma possível “pressão sobre o sistema de saúde”. A campanha nacional de imunização contra a influenza começou no dia 4 de abril. O Ministério da Saúde já distribuiu para estados e o Distrito Federal as 80 milhões de doses contratadas para imunizar a população brasileira. Até o momento, a mobilização contra a doença atingiu 53,5% de cobertura vacinal. Hoje (24), os pontos de vacinação atenderam exclusivamente pessoas que pertencem ao público-alvo da campanha, entre crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, indígenas e idosos. Quem faz parte do público-alvo e ainda não se imunizou, também poderá se vacinar após a ampliação da campanha. Para tomar o imunizante da gripe, basta ir a qualquer posto de vacinação. Fonte: EBC

Clipping
Aneel mantém bandeira tarifária verde para julho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira verde em julho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês. É o terceiro o anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril deste ano. Segundo a Aneel, na ocasião, a bandeira verde foi escolhida devido às condições favoráveis de geração de energia. Caso houvesse a instituição das outras bandeiras, a conta de luz refletiria o reajuste de até 64% das bandeiras tarifárias aprovado nesta semana pela Aneel. Segundo a agência, os aumentos são devido à inflação e ao maior custo das usinas termelétricas neste ano, decorrente do encarecimento do petróleo e do gás natural nos últimos meses. Bandeiras Tarifárias Criadas em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Divididas em níveis, as bandeiras indicam quanto está custando para o SIN gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias. Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre qualquer acréscimo. Quando são aplicadas as bandeiras vermelha ou amarela, a conta sofre acréscimos que variam de R$ 2,989 (bandeira amarela) a R$ 9,795 (bandeira vermelha patamar 2) a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. O Sistema Interligado Nacional é dividido em quatro subsistemas: Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte. Praticamente todo o país é coberto pelo SIN. A exceção são algumas partes de estados da Região Norte e de Mato Grosso, além de todo o estado de Roraima. Atualmente, há 212 localidades isoladas do SIN, nas quais o consumo é baixo e representa menos de 1% da carga total do país. A demanda por energia nessas regiões é suprida, principalmente, por térmicas a óleo diesel. Fonte: UOL