Cemafauna lança campanha para alertar que macacos não transmitem febre amarela

Clipping

O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), em Petrolina está realizando uma campanha para reforçar que macacos não transmitem febre amarela. Muita gente desconhece o fato de que esses animais são vítimas tanto quanto humanos, e sucumbem rapidamente. Na verdade, eles são os ‘sentinelas’, ou seja, servem de alerta para as instituições de saúde, mostrando que tal área está sob o foco da doença, dessa forma, colaborando para a elaboração de ações preventivas.

A febre amarela é transmitida somente pelo mosquito Aedes aegypti mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes, tanto nos humanos quanto nos macacos.

A campanha, intitulada ‘Febre amarela não é culpa dos macacos!’, alerta a população local e comunidade acadêmica do Campus de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), zona rural de Petrolina, sobre a importância da conscientização a respeito do ciclo de transmissão do vírus, que no país, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico, de 1º de julho de 2017 a 6 de fevereiro de 2018, registrou 353 casos, sendo destes 98 mortes.

Pernambuco não consta no mapa de casos notificados e confirmados de contaminação com a doença. Apesar disso, em Petrolina, a Secretaria de Saúde recebeu 200 novas doses da vacina, que já estão disponíveis desde 19 de janeiro, e reforça que o público-alvo (crianças – a partir dos nove meses – que viajarão para regiões consideradas de risco, bem como adultos – até 59 anos – na mesma situação) pode  se dirigir à AME Policlínica, das 8h às 17h, no Centro da cidade.

Ciclo

O ciclo de transmissão da febre amarela, de acordo com o Ministério da Saúde, é o seguinte:

  • O vírus da febre amarela é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados. A doença não é passada de pessoa a pessoa. A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da doença;
  • Há dois diferentes ciclos epidemiológicos de transmissão, o silvestre e o urbano. Mas a doença tem as mesmas características sob o ponto de vista etiológico, clínico, imunológico e fisiopatológico. No ciclo silvestre da febre amarela, os primatas não humanos (macacos) são os principais hospedeiros e amplificadores do vírus e os vetores são mosquitos com hábitos estritamente silvestres, sendo os gêneros Haemagogus e Sabethes os mais importantes na América Latina. Nesse ciclo, o homem participa como um hospedeiro acidental ao adentrar áreas de mata. No ciclo urbano, o homem é o único hospedeiro com importância epidemiológica e a transmissão ocorre a partir de vetores urbanos (Aedes aegypti) infectados;
  • A pessoa apresenta os sintomas iniciais 3 a 6 dias após ter sido infectada.

Denúncias

A denúncia de maus tratos a macacos deve ser feita pela Linha Verde do Ibama (0800 61 8080). “Lembramos que matar, perseguir, caçar ou ainda praticar abuso ou maus tratos é crime, de acordo com a Lei federal 9605. Se encontrar macacos mortos, informe o Serviço de Saúde do município ou do estado pelo telefone 136″, frisa o Cemafauna.

Fonte: Carlos Britto

Cemafauna lança campanha para alertar que macacos não transmitem febre amarela

Atividades
Gonzaga Patriota recebe maior honraria da Marinha do Brasil

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE) recebeu, nesta quinta-feira (13), a Medalha Mérito Tamandaré, uma das mais expressivas condecorações de paz da Marinha do Brasil e extensiva a civis. Nesta data, comemora-se o nascimento de Joaquim Marques Lisboa, o almirante Tamandaré, patrono da Marinha Brasileira. Por isso, é celebrado também …

Atividades
Gonzaga Patriota será o entrevistado do Programa Palavra Aberta

Na próxima segunda-feira (17), o deputado federal Gonzaga Patriota estará participando do programa Palavra Aberta, na TV Câmara, às 07h30. Na ocasião, o parlamentar irá relembrar os 30 anos da Constituição Brasileira. Palavra Aberta O Palavra Aberta é o espaço em que o parlamentar expõe suas ideias, fala de propostas …

Clipping
Lula vira réu em caso de Guiné Equatorial

A Justiça Federal recebeu hoje (14) denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na qual se tornou réu por lavagem de dinheiro porque teria recebido R$ 1 milhão do grupo brasileiro ARG. Os valores teriam sido dissimulados na forma de doação ao Instituto …

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.