Suspeito de decapitar mulher teria impedido que cabeça fosse jogada aos cães

Clipping

Suspeito de decapitar uma mulher em Jaboatão dos Guararapes, o jovem Alefy Richardson da Silva, 22, teria impedido que a cabeça da vítima fosse jogada aos cachorros. Os detalhes do crime, ocorrido em 10 de dezembro passado, no bairro de Barra de Jangada, foi apresentado pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (2), em coletiva à imprensa. A prisão de Alefy ocorreu nessa quinta, na casa da namorada, no bairro de Vila, também em Jaboatão.

Segundo a versão do indiciado, ele estaria ingerindo bebida alcoólica com Maria Aparecida dos Santos Fidelis, de 52 anos, em um bar na região de Barra de Jangada. A vítima o teria convidado a ir à casa dela, onde permaneceram bebendo até que a bebida acabou. Alefy foi em casa pegar mais dinheiro com a mãe e retornou para o local do crime com intuito de pegar os cascos de cerveja.

“Ele disse que a vítima tentou manter relações sexuais com ele, que não quis e a empurrou. A vítima, nesse momento, deu um tapa na cara dele. Ele então pegou uma faca que estava na mesa e deu uma facada na parte superior do tórax, já próximo ao pescoço”, contou o delegado de Piedade, Osias Tibúrcio.

Após cometer o crime, o suspeito teria ido para um ponto de droga e lá usou maconha. Um traficante da localidade o teria instruído a voltar ao local e conferir se a vítima estava realmente morta. “Ele voltou ao local na companhia de um traficante conhecido como Fernandinho. Quando chegaram lá, o traficante começou a decapitar o corpo da vítima, já sem vida. Após o início da decapitação, o próprio Alefy continuou decapitando a vítima e separou completamente a cabeça do tronco”, detalhou. O delegado, porém, não confirma se a história é verídica ou se existe mesmo esse traficante.

Ainda segundo o depoimento do suspeito, o traficante teria chutado a cabeça dela por diversas vezes e, em seguida, saiu da casa para entregar aos cachorros, para que comessem a cabeça dela.  Alefy teria impedido e, segundo ele, colocado a cabeça no muro para que os cachorros não pegassem. “Quando perguntado porque no muro, ele contou não querer entrar na residência do crime”, disse o delegado.

O suspeito foi enviado ao Centro de Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel) e irá responder por homicídio por motivo fútil e destruição de cadáver. O traficante Fernandinho segue sendo procurado da polícia e será indiciado por destruição de cadáver, por ter praticado a decapitação com a vítima já morta.

Fonte: Fonte: Folha-PE

http://www.folhape.com.br/noticias/noticias/cotidiano/2018/02/02/NWS,57656,70,449,NOTICIAS,2190-SUSPEITO-DECAPITAR-MULHER-JABOATAO-TERIA-IMPEDIDO-QUE-CABECA-FOSSE-JOGADA-AOS-CAES.aspx

Atividades
Gonzaga Patriota participa do programa Câmara Debate

Amigos e amigas, hoje, às 23h, estarei participando do Programa Câmara Debate, da TV Câmara, discutindo sobre o Anuário de Segurança Pública. Conto com a audiência de vocês! Câmara Debate Todos os assuntos em discussão na Câmara dos Deputados são pauta para o Câmara Debate. Durante meia hora, dois deputados, …

Atividades
Vídeo – Gonzaga Patriota destaca redução do número de roubos em Pernambuco

Em pronunciamento, na tarde desta terça-feira (14), o deputado Gonzaga Patriota (PSB) destacou a redução do número de roubos em Pernambuco. O primeiro semestre deste ano contabilizou menos 21,94% casos do que no mesmo período de 2017: de 63.827 ocorrências, despencou para 49.824. Significa dizer que 14.003 roubos deixaram de …

Clipping
Homenagem a Eduardo Campos

As suas ideias continuam vivas e contribuindo para o desenvolvimento do país. “Não vamos desistir do Brasil!”