Dois filhos da deputada Flordelis viram réus pela morte do pastor Anderson do Carmo

Clipping

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) aceitou, na noite desta sexta-feira (16), a denúncia do Ministério Público do Rio contra Lucas de Souza e Flávio Rodrigues, filhos da deputada federal Flordelis (PSD), pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da parlamentar e pai adotivo dos dois réus.

Anderson foi morto com vários tiros, na garagem da casa da família, em Pendotiba, Niterói, em 16 de junho.

A decisão assinada pela juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos, da 3ª Vara Criminal de Niterói, transforma a prisão temporária dos dois acusados em prisão preventiva, onde eles terão que aguardar o julgamento em regime fechado.

De acordo com a denúncia do MP, Flávio vai responder por porte ilegal de arma de fogo. A acusação diz que foi ele quem atirou no pastor. Já o irmão teria sido seu cúmplice ao comprar a arma do crime.

Os dois são acusados de homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima), com pena prevista de 12 a 30 anos.

Flordelis pode ser investigada, diz delegada

Segundo a delegada Bárbara Lomba, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, responsável pelo caso, Flordelis também pode ser investigada pela morte de Anderson. As investigações apontam que o assassinato tenha ocorrido por motivos financeiros e desavenças sobre a gestão patrimonial da família.

“Após o indiciamento dos dois, iniciamos uma segunda fase das investigações. Nela, todo o contexto familiar será investigado e a deputada poderá ser investigada, também. Até o momento, ninguém está descartado. Sabemos que há uma motivação global nesse homicídio, não apenas do Lucas e do Flavio. Essa ação criminosa não se encerra neles dois”.

Nesta sexta, o “Extra” mostrou que Lucas disse à Polícia Civil ter recebido mensagens do celular da própria mãe pedindo para que assassinasse o pai. A informação foi confirmada pela TV Globo.

Ele e o irmão Flávio dos Santos Rodrigues estão presos pelo crime. Lucas teria ligado para a mãe logo depois de ver a mensagem, mas foi informado de que ela não estava em casa.

Ao mostrar a mensagem para a mãe depois, ela teria ficado nervosa. Ainda na versão dele, era comum que outras pessoas mexessem no aparelho de Flordelis.

Na véspera, diz Lucas, outra filha adotiva do casal, Marzy, o procurou e ofereceu R$ 5 mil para matar o pastor Anderson.

Em uma publicação na internet, Flordelis lamentou a morte do marido e postou um vídeo com depoimentos do casal — Foto: Reprodução Redes Sociais

Em uma publicação na internet, Flordelis lamentou a morte do marido e postou um vídeo com depoimentos do casal — Foto: Reprodução Redes Sociais

Deputada presta homenagem ao pastor

Na manhã desta sexta-feira (16), Flordelis fez uma postagem em uma de suas redes sociais, lembrando os dois meses da morte de seu marido.

Na homenagem feita na internet, a parlamentar postou um vídeo de quase três minutos com um depoimento do casal contando como eles se conheceram, além de várias fotos dos dois juntos em momentos românticos.

“Nesta sexta-feira, completam dois meses que tiraram você de mim, meu amor. Nós éramos mais que marido e mulher, éramos amigos. A distância não vai nos separar, te amarei eternamente. Eu te amo mais que a vida, mais que tudo. Em teus braços eu me sentia tão feliz”, dizia a postagem da parlamentar.

Clipping
PSB em Petrolina recebe novos filiados

O Diretório Municipal do PSB ganhou reforço na noite desta sexta-feira (PSB), em Petrolina, com 86 novos filiados. O ato aconteceu na sede da Frente Popular de Pernambuco e foi organizado pelo deputado federal Gonzaga Patriota, presidente da comissão provisória do PSB na cidade. O parlamentar destacou o fortalecimento do partido com as novas adesões. “São nomes que vão contribuir bastante para o nosso fortalecimento na região. Sem dúvida, o PSB chegará forte nas eleições do próximo ano para assumir um compromisso com Petrolina”, acrescentou. Patriota destacou a história do PSB e a importância da renovação partidária e de novas bases no partido. “Estou há 29 anos no PSB, um partido que contribuiu e vem contribuindo muito para o crescimento do Brasil e de Pernambuco. Temos uma história rica e bem construída, nomes fortes que passaram por esse partido, como Eduardo Campos que deixou um grande legado. Temos que continuar escrevendo essa história com linhas sérias e cheias de garras e honradez”, afirmou sob aplausos. O deputado também explicou a ausência do deputado estadual Lucas Ramos. “O deputado Lucas Ramos, nosso pré-candidato a prefeito, não pôde está presente por conta de outros compromissos, mas vamos ter uma nova filiação com a presença dele”, disse. As novas filiações fazem parte da estratégia da cúpula regional de fortalecimento dos quadros da legenda para as eleições municipais de 2020.

Clipping
Cresce emprego formal na construção pesada

Pelo terceiro mês seguido, o emprego formal na construção pesada cresceu no Rio. Isso é bom. Mas há muito por fazer, ainda.  Isso porque o número de trabalhadores com carteira assinada no setor (63 mil) ainda é menor do que o de quase todos os anos anteriores desde o início da série histórica: 2006.  O único ano com um resultado pior foi 2018: 60 mil. No total do país, contudo, já há mais trabalhadores na construção pesada agora (669 mil) do que em 2018, 2017, 2016, 2007 e 2006

Clipping
ONU revela que cerca de 7 mil recém-nascidos morrem diariamente em todo o mundo

Relatório divulgado por agências das Nações Unidas estima que quase 7 mil bebês morrem todos os dias antes de completar um mês de vida, e pede aos países s que adotem medidas para melhorar a situação. A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) anunciaram que as taxas de sobrevivência de recém-nascidos vêm melhorando desde 2000, mas cerca de 2,5 milhões de bebês morreram em 2018. Segundo o relatório, uma em cada 37 mulheres na África Subsaariana morre durante a gestação ou o parto. O documento lembra que mulheres no parto e seus bebês enfrentam risco maior em países em que há conflitos ou crise humanitária, como Síria e Venezuela, por não terem acesso a tratamentos essenciais. (Rede Ebc)