Gonzaga Patriota visita a Fundação Altino Ventura em Recife

Nesta quarta-feira (17), o deputado federal Gonzaga Patriota esteve na Fundação Altino Ventura (FAV), juntamente com o presidente da câmara de vereadores de Tuparetama, Diógenes Patriota, para entregar ao Dr. Marcelo Ventura e à Dra. Liane Ventura, uma placa de agradecimento pelas ações realizadas em Tuparetama, Iguaraci, Ingazeira e região. A Fundação realizou, durante seis dias, atendimentos oftalmológicos à população, incluindo consultas, procedimentos diversos e cirurgias. Em breve, a FAV também atenderá os municípios de Brejinho, Itapetim e Santa Terezinha.

Neste encontro foi celebrada parceria e comprometimento do deputado com os serviços prestados pela Altino Ventura à população pernambucana. “Destino, com satisfação, parte das minhas emendas parlamentares para esse primoroso trabalho que tanto beneficia quem realmente precisa”, disse o parlamentar.

Serviço: A Fundação Altino Ventura é uma instituição filantrópica, de utilidade pública. Toda assistência clínica, cirúrgica e de emergência oftalmológica oferecida aos pacientes da população de baixa renda é 100% realizada por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), através de diversos projetos de combate à cegueira e reabilitação visual.

______________
 
Deputado Federal Gonzaga Patriota
Assessoria de imprensa

MEC antecipa data do Sisu; inscrições começam dia 23

A abertura das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi antecipada para 23 de janeiro, conforme anunciou hoje (18) o ministro da Educação, Mendonça Filho. Segundo ele, estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e que queiram tentar uma vaga em instituições públicas de ensino superior têm entre 23 e 26 de janeiro para se inscrever.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva para divulgar os resultados do Enem 2017, liberados pouco antes das 12h de hoje. O prazo inicial para registrar a nota da prova e se candidatar a uma instituição pública de ensino superior era de 29 de janeiro a 1º de fevereiro. De acordo com o ministro da Educação, o motivo da antecipação seria apenas “saciar a ansiedade” dos candidatos.

O cronograma das demais seleções da pasta, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies), segundo ele, permanece inalterado.

Fonte :Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-01/mec-antecipa-data-do-sisu-inscricoes-comecam-dia-23

PF e Ibama deflagram operação contra extração ilegal de madeira amazônica

Policiais federais e fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram hoje (18), em Manaus, uma nova operação contra a extração ilegal de madeira da floresta amazônica.

Batizada de Operação Arquimedes, a ação é o resultado de investigação iniciada há mais de um mês e que já resultou na apreensão de 444 contêineres com madeira ilegal, que seria enviada para comerciantes da Europa, dos Estados Unidos e de outros estados brasileiros.

Em nota, a PF informou que, se disposto lado a lado, em linha, o volume de material apreendido seria suficiente para cobrir um percurso de 1.500 km, quase a distância entre Brasília e Salvador.

A apuração começou a partir de um alerta da Receita Federal. Os policiais federais e fiscais do Ibama identificaram fraudes nos Documentos de Origem Florestal (DOFs), que deveriam atestar a legalidade da extração e da origem da madeira.

Em nota, a PF explicou que a madeira confiscada por ilegalidades na documentação foi extraída em Roraima, Rondônia e no Amazonas. Os investigadores tentam identificar as pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema, que responderão de acordo com a Lei de Crimes Ambientais e também por receptação de material ilícito, crime previsto no Código Penal.

Novas regras trabalhistas serão tema de oficina promovida pela Fiepe em Petrolina

As novas regras da legislação trabalhista estão em vigor desde novembro de 2017, mas muitos funcionários, gestores e empresários do Sertão do São Francisco ainda têm dúvidas sobre as mudanças. Por este motivo a unidade regional da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) realizará no dia 26 de fevereiro, em Petrolina, a oficina ‘Entendendo a Reforma Trabalhista’, cujas inscrições já estão abertas.

O evento ocorrerá na sede da entidade, localizada no mesmo prédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e vai abordar temas como jornada e contrato de trabalho, remuneração e férias, negociação coletiva, representatividade dos empregados, trabalho da mulher, entre outros.

Com duração das 8h às 17h, a oficina terá como palestrante o consultor empresarial, especialista em auditoria contábil e fiscal, Edson Lins, que também tem MBA em Gestão de Pessoas e experiência profissional na área de Administração de Pessoal, Recursos Humanos, Financeiro, Legislação Trabalhista e gestão de equipes. Em outras oportunidades, Lins já ministrou a oficina para empresários e trabalhadores, na sede da Fiepe no Recife, e desta vez também explicará os detalhes da Reforma Trabalhista e suas aplicabilidades no mercado.

Interessados em participar da oficina podem entrar em contato com a Unidade Regional Sertão do São Francisco (URSS) pelos telefones: (87) 3861-0554 / 9 9109-4004, ou pelo e-mail [email protected] Outras informações também podem ser obtidas através do site www.fiepe.org.br e da Fanpage (FiepeOficial). As informações são CLAS Comunicação.

Aumenta número de notas zero nas redações do Enem

O Ministério de Educação divulgou nesta quinta-feira (18) os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Das 4.725.330 redações corrigidas, 309.157 tiveram nota zero e apenas 53 registraram nota 1.000. Na edição anterior, foram 291.806 notas zero e 77 notas mil entre 6.034.672 redações corrigidas.

Os resultados da prova foram liberados pouco antes das 12h no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e só podem ser consultados individualmente. Os candidatos devem acessar a Página do Participante e fazer login por meio do CPF e senha anteriormente cadastrada.

“Recomendo calma, cautela e controle da ansiedade. Sei que é um momento importante para milhões de jovens de todo o Brasil, mas é preciso ter a clareza de que o exame é seguro, as notas estarão disponíveis e cada um terá a oportunidade de acessar justamente a informação relativa à sua nota”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Pela primeira vez, de acordo com o Inep, a divulgação das notas considerou a proficiência média geral e a proficiência média dos concluintes, além das proficiências médias dos treineiros, dos egressos e das pessoas privadas de liberdade.

A previsão do instituto é que o resultado dos treineiros seja divulgado no dia 19 de março, assim como as vistas pedagógicas dos espelhos da redação. O Enem 2017 foi aplicado pelo Inep em 5 e 12 de novembro. Confira abaixo os resultados por área de conhecimento:

Linguagens, códigos e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 299,6
Proficiência Máxima – 788,8
Proficiência Média Geral – 510,2
Proficiência Média Concluintes – 506,5
Proficiência Média Egressos – 513,84
Proficiência Média Treineiros – 516,86
Proficiência Média dos Participantes Privados de Liberdade – 427,4

Redação
Redações Nota Zero – 309.157
Redações Nota Mil – 53
Proficiência Média Geral – 558,0
Proficiência Média Concluintes – 560,6
Proficiência Média Egressos – 556,9
Proficiência Média Treineiros – 570,6
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 423,0

Apenas 6,5% das redações receberam nota zero. Os motivos foram fuga ao tema (5,01%), prova em branco (0,80%), texto insuficiente (0,33%), parte desconectada (0,17%), não atendimento ao tipo textual (0,11%), cópia do texto motivador (0,09%) e outros motivos (0,03%).

Ciências Humanas e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 307,7
Proficiência Máxima – 868,3
Proficiência Média Geral – 519,3
Proficiência Média Concluintes – 517,4
Proficiência Média Egressos – 522,24
Proficiência Média Treineiros – 526,68
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 433,7

Matemática e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 310,4
Proficiência Máxima – 993,9
Proficiência Média Geral – 518,5
Proficiência Média Concluintes – 522,3
Proficiência Média Egressos – 516,62
Proficiência Média Treineiros – 538,77
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 447,4

Ciências da Natureza e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 298,0
Proficiência Máxima – 885,6
Proficiência Média Geral – 510,6
Proficiência Média Concluintes – 508,4
Proficiência Média Egressos – 512,48
Proficiência Média Treineiros – 519,36
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 436,9

Fonte: Folha-PE

http://www.folhape.com.br/folhaeduca/folha-educa/folha-educa/2018/01/18/NWS,56012,94,916,FOLHAEDUCA,2525-AUMENTA-NUMERO-NOTAS-ZERO-NAS-REDACOES-ENEM.aspx

Petrobras passa a alterar preço do gás de cozinha a cada 3 meses

A Petrobras anunciou que vai alterar sua política de preços do gás de cozinha. Em vez de mudar os valores todo mês, a empresa passará a alterá-lo a cada três meses. O GLP residencial, comercializado em botijões, será reajustado observando novos critérios, passando por uma regra de transição. A partir desta sexta (19), o preço do GLP será reduzido em 5% nas refinarias.

“O objetivo, conforme já anunciado, foi suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico”, destacou a Petrobras em comunicado divulgado nesta quinta.


Segundo a empresa, o preço médio de GLP residencial sem tributos comercializado nas refinarias da Petrobras será equivalente a R$ 23,16 por botijão de 13kg a partir de sexta. O preço do botijão de gás de 13 kg, utilizado em residências, foi um dos vilões do orçamento dos brasileiros no ano passado.

Dois em cada três pessoas com mais de 16 anos (67%) avaliam que o gás de cozinha compromete muito o orçamento familiar, de acordo com pesquisa do Datafolha. O estudo ainda mostra que a maioria absoluta (86%) avalia que o preço subiu muito nos últimos seis meses.

Fonte: Folha-PE

http://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/01/18/NWS,55989,10,550,ECONOMIA,2373-PETROBRAS-PASSA-ALTERAR-PRECO-GAS-COZINHA-CADA-MESES.aspx

Gonzaga Patriota participa de reuniões na cidade do Recife

O deputado federal Gonzaga Patriota participou, nesta quarta-feira (17),  de audiência com o prefeito em exercício do Recife, Luciano Siqueira, para tratar sobre problemas que precisam de atenção em alguns bairros da capital, onde o parlamentar teve mais de 8 mil votos.
 
Patriota esteve também com o secretário da Casa Civil, Nilton Mota, para reiterar a sua preocupação com os problemas acarretados em decorrência da seca no sertão. 
 

Na sexta-feira (19) a agenda será com o governador Paulo Câmara, no Palácio Campo das Princesas e em seguida, no município de Bonito, onde participarão da tradicional festa de São Sebastião.

______________
 
Deputado Federal Gonzaga Patriota
Assessoria de imprensa

Tribunal de Contas alerta gestores para prazos de envio de informações em Janeiro

O Tribunal de Contas faz um alerta aos gestores que teve início o cumprimento dos prazos que dispõem sobre composição, seleção e formalização dos processos de admissão de pessoal dos órgãos públicos da administração direta, indireta e fundações do Estado e municípios, dispostos na Resolução TC nº 1 de 07/01/2015.

A Resolução traz as regras e documentos relativos à apresentação e regulamentação dos atos de admissão de pessoal, além das punições cabíveis em caso de omissão. Também é exigida a remessa de documentos no formato eletrônico.

Atos de admissões provenientes de concursos públicos ou provimentos derivados e cujas nomeações tenham ocorrido no mês de dezembro (entre 01 e 31), decorrentes de contratos temporários, concursos públicos ou provimentos derivados, estas deverão ser remetidas ao TCE entre 15 e 31 de janeiro do exercício seguinte.

O TCE disponibilizou em sua página, na internet, um Manual com explicações sobre como os gestores devem proceder para cumprir o calendário de obrigações perante o Tribunal de Contas. Um dos capítulos trata dos Atos de Admissão de Pessoal e Edital de Concurso Público, Processo Seletivo Público ou de Seleção Pública. É só acessar o Guia com Orientações aos Gestores e tirar as dúvidas sobre o assunto.

Fonte: Edenevaldo Alves

Inflação do aluguel acumula queda de 0,34% em 12 meses

Usado no reajuste de aluguéis, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) acumula deflação (queda de preços) de 0,34% em 12 meses, de acordo com a segunda prévia de janeiro do indicador, divulgada hoje (18), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Considerando-se apenas janeiro, a segunda prévia registrou inflação de 0,82%, taxa menor que a segunda prévia de dezembro de 2017.

A queda da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada pelos preços no atacado e pelo custo da construção. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, caiu de 1,23% na segunda prévia de dezembro para 1,04% em janeiro. A inflação do Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,27% para 0,19%.

Por outro lado, a inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, subiu de 0,31% na segunda prévia de dezembro para 0,43% na segunda prévia de janeiro.

A segunda prévia é medida com base em preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Fonte: Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-01/inflacao-do-aluguel-acumula-queda-de-034-em-12-meses

Febraban estuda ações para reduzir juros do cheque especial

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) avalia medidas para reduzir os juros do cheque especial. Em nota publicada hoje (17), a entidade informou que estuda ações para melhorar o ambiente de crédito no país e reduzir o spread bancário, diferença entre os juros que o banco paga para captar dinheiro de investidores e as taxas cobradas dos tomadores de empréstimos e financiamentos.

O comunicado não entrou em detalhes. Em dezembro, segundo os dados mais recentes da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), os juros do cheque especial estavam em 295,48% ao ano. Dessa forma, alguém que contrai R$ 1 mil nessa modalidade deve R$ 3.295,48 ao fim de 12 meses, se não quitar a operação. O cheque especial está somente atrás do cartão de crédito, que encerrou 2017 com taxa de 321,63% ao ano.

Hoje (17), o presidente da Febraban, Murilo Portugal, reuniu-se com o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia. Na saída do encontro, não confirmou se a redução de juros do cheque especial foi discutida. Apenas disse que os dois trataram de medidas tributárias.

Mais cedo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse a jornalistas que os juros do cheque especial são elevados. Ele confirmou que o Banco Central (BC) estuda medidas para a redução das taxas, mas negou que exista alguma ação definida.

“Eu acho que é importante a queda de juros no cheque especial, que está muito elevado. Mas não há nenhuma medida específica já definida. O BC  está estudando várias coisas”, disse Meirelles na portaria do ministério.

Fonte: Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-01/febraban-estuda-acoes-para-reduzir-juros-do-cheque-especial

Gonzaga Patriota cumpre agenda com secretários de estado em Recife

Nesta terça-feira (16) o deputado federal Gonzaga Patriota solicitou ao secretário de Educação, Fred Amancio, que seja discutida democraticamente a substituição das empresas de transporte de estudantes no estado. A preocupação do deputado é que seja assegurado, com prioridade, o transporte dos alunos.
 
Em seguida, Gonzaga Patriota esteve com o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti, com o objetivo de discutir sobre a promoção dos policiais suplentes que fazem parte da corporação, tendo em vista que possuem suficiente conhecimento e experiência pelo tempo de prática e serviços prestados. 
 
Patriota também cumpriu agenda com o secretário de Agricultura, Wellington Batista, para falar sobre problemas de abastecimento de água no sertão, incluindo carros-pipa e máquinas para limpar barreiros, entre outras questões.
 
Assessoria de imprensa
Deputado Federal Gonzaga Patriota

Juiz nega prisão domiciliar a Paulo Maluf

O juiz Bruno Aielo Macacari, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, negou nesta quarta-feira (17) o pedido de prisão domiciliar feito pela defesa do deputado Paulo Maluf (PP-SP), preso para cumprir pena definitiva de sete anos e nove meses por lavagem de dinheiro, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Na decisão, o juiz argumento que o parlamentar pode cumprir a pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília, mesmo diante de seu quadro de saúde. No entendimento do magistrado, a penitenciária tem condições de oferecer tratamento emergencial a Maluf, caso seja solicitado.

“Em suma, repisando que a prisão domiciliar humanitária só tem lugar nas estritas hipóteses em que o apenado não possa receber tratamento no interior do presídio, bem como que há prova mais que suficiente que esta não é o caso destes autos, consoante se extrai do contexto fático que atualmente se apresenta, tenho que a rejeição do pedido defensivo é medida que se impõe”, diz a decisão.

Após o ministro do STF Edson Fachin determinar a execução da condenação, em dezembro do ano passado, os advogados de Maluf alegaram que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco, e, segundo eles, não há atendimento médico adequado na Papuda.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte:Folha-PE

http://folhape.com.br/politica/politica/politica/2018/01/17/NWS,55904,7,547,POLITICA,2193-JUIZ-NEGA-PRISAO-DOMICILIAR-PAULO-MALUF.aspx

Justiça nega novo pedido da defesa, e posse de Cristiane Brasil continua suspensa

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) negou novo recurso da defesa da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), que foi indicada para o Ministério do Trabalho, mas teve a nomeação e a posse suspensas por liminar concedida por um juiz federal do Rio de Janeiro. Com isso, a posse da deputada no ministério continua suspensa.

Os defensores da parlamentar tinham apresentado um recurso, chamado embargo de declaração, com dois argumentos. O primeiro é idêntico ao da Advocacia-Geral União, ou seja, não teria sido respeitado o princípio do juiz natural e a 1ª Vara Federal de Teresópolis estaria apta para julgar o caso. A isso, o juiz federal Vladimir Vitovsky respondeu na decisão, proferida ontem à noite (16), que a questão já foi resolvida nos embargos de declaração da AGU e que está mantida a competência da 4ª. Vara Federal de Niterói para julgar a ação popular.

O segundo argumento da defesa foi no sentido de que Cristiane Brasil preenche os requisitos legais para nomeação e posse no cargo de ministra do Trabalho. A essa alegação, o juiz Vladimir Vitovsky respondeu que se trata de questão de mérito, que deverá ser resolvida futuramente, no julgamento dos agravos de instrumento analisados pela 7ª. Turma Especializada do TRF2.

Entenda o caso
Em ação popular, a 4ª Vara Federal de Niterói concedeu liminar suspendendo a eficácia do decreto presidencial que nomeou a deputada Cristiane Brasil ministrra do Trabalho. Contra a liminar, a AGU e a defesa da parlamentar apresentaram agravos de instrumento. O TRF2 negou, liminarmente, os pedidos da União e de Cristiane Brasil.

O mérito dos agravos ainda será julgado pela 7ª Turma Especializada do TRF2. O relator é o desembargador federal Sergio Schwaitzer, que está de férias.

Nos embargosde declaração apresentados contra a decisão liminar do TRF2, a AGU alegou que a ação popular de Niterói foi protocolada horas após a de Teresópolis, que, por isso, teria a competência para julgar a demanda. Nos termos da lei processual, por um instrumento conhecido como prevenção, o juízo que recebe a primeira ação envolvendo pedidos idênticos torna-se competente para resolver todas as demais.

No entanto, na apreciação dos embargos, o TRF2 entendeu como improcedente o argumento da União, que considerou como marco inicial o horário do protocolo. Para o juiz que apreciou o recurso, o que deve ser considerado é o horário da distribuição dos autos, que ocorreu primeiro em Niterói.

O juiz Vladimir Vitovsky ponderou ainda que, ficando a prevenção com a 4ª Vara Federal de Niterói, os outros processos ajuizados para suspender a nomeação e posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho devem ser deslocados para lá. Com isso, a 4ª Vara Federal de Niterói deverá receber também, por redistribuição, as ações em tramitação na 1ª Vara Federal de Magé, 14ª Vara Federal do Rio de Janeiro, 1ª Vara Federal de Nova Friburgo, 1ª Vara Federal de Campos dos Goytacazes e 1ª Vara Federal de Macaé.

Fonte: Folha-PE

http://folhape.com.br/politica/politica/politica/2018/01/17/NWS,55939,7,547,POLITICA,2193-JUSTICA-NEGA-NOVO-PEDIDO-DEFESA-POSSE-CRISTIANE-BRASIL-CONTINUA-SUSPENSA.aspx

Procura por vacina contra febre amarela aumentou 50% no Recife, diz secretário

A procura por vacina contra febre amarela no Recife aumentou 50% este mês de janeiro, de acordo com a Secretaria de Saúde do Recife. Motivo é a atual situação no Brasil. Desde julho de 2017, já foram registradas 20 mortes por febre amarela no País. De acordo com o secretário Jailson Correia, os postos de saúde do Recife estão abastecidos com aproximadamente 2 mil vacinas contra a febre, número considerado suficiente para a demanda. A vacinação, no entanto, é permitida apenas para quem apresentar comprovante de viagem para alguma das áreas de risco.

A dose deve ser tomada 10 dias antes da viagem e não é indicada para recém nascidos com menos de 9 meses, mães amamentando e idosos. Nesses casos só é permitida a vacinação após uma recomendação médica. A lista dos postos de saúde que dispõem da vacina pode ser encontrada no site da Prefeitura da Cidade do Recife (PCR).

Motivado por notícias sobre a doença, o motorista Eduardo Moura, de 39 anos, procurou o posto de saúde Waldemar de Oliveira, na Rua do Pombal, área central do Recife. Ele foi o último a se vacinar antes da viagem com toda a família para o Rio de Janeiro. “Vou viajar com meus pais e tios. Todos já tomaram. É melhor se prevenir antes de viajar”, disse.

Segundo Jailson Correia, apesar do alerta sobre o risco de contaminação em algumas regiões do Brasil, não há motivo para alarde. “É importante dizer que em Pernambuco e no Recife não há evidência da transmissão do vírus. Os casos notificados são de pessoas que tiveram em áreas de risco de transmissão e voltaram”, explicou.

Podem receber a vacina pessoas que não para: regiões amazônicas, o centro-oeste e alguns estados da região sudeste como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. “O que a gente está vendo no Brasil é a transmissão silvestre da febre amarela, que ocorre em regiões de mata onde há macacos infectados que podem, através dos mosquitos sabethes e dernagogus, mosquitos de mata, fazer a transmissão da febre amarela para humanos”, completou.

Fonte: Folha-PE

http://folhape.com.br/noticias/noticias/cotidiano/2018/01/17/NWS,55852,70,449,NOTICIAS,2190-PROCURA-POR-VACINA-CONTRA-FEBRE-AMARELA-AUMENTOU-RECIFE-DIZ-SECRETARIO.aspx

Hemope lança campanha para doação de sangue no período de Carnaval

Para atrair mais doações para o período de carnaval, a Fundação Hemope lança a campanha “Compartilhe Cultura e Solidariedade, faça a diferença, doe sangue no Hemope” onde doadores poderão participar da ação e fazer a doação. A partir da terça-feira (23) às 8h30, a Fundação abrirá o evento, que receberá durante a semana, os homenageados do carnaval do Recife, Nena Queiroga e Jota Michiles, além da participação do cantor e compositor Getúlio Cavalcanti e do bloco lírico carnavalesco “O Bonde”.

Com uma recepção animada, quem for doar sangue a partir da terça-feira (23) será recebido ao som do frevo e da alegria do carnaval. Na semana do evento, uma agenda especial com várias atrações foi preparada para atrair doadores.

Além da participação dos homenageados do carnaval, no dia 30 de janeiro super-heróis estarão no Hemope; já no dia 6 de fevereiro, haverá a visita tradicional do Rei e da Rainha do carnaval do Recife, dançando o frevo e visitando os doadores e pacientes.

Fonte: JC

http://m.jc.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2018/01/17/hemope-lanca-campanha-para-doacao-de-sangue-no-periodo-de-carnaval-324341.php

 

Movimento Passe Livre protesta contra aumento da tarifa do transporte em SP

O Movimento Passe Livre (MPL) realizou hoje (17) um protesto contra o aumento das tarifas do transporte coletivo na capital paulista. A passeata teve início no cruzamento das avenidas Cidade Jardim e Brigadeiro Faria Lima e foi até o Largo da Batata, zona oeste da cidade.

Inicialmente, o ato estava programado para começar em frente a casa do prefeito da capital paulista, João Doria, no bairro do Jardim Europa. No entanto, o MPL decidiu alterar a concentração em razão do policiamento ostensivo nas redondezas da residência do prefeito, com carros blindados e grande efetivo policial.

“A cada vez que a tarifa sobe, aumenta o número de pessoas excluídas do transporte coletivo. Entre nós e a cidade, que nós mesmos fazemos funcionar, existe uma catraca que cobra cada vez mais caro”, disse o MPL em nota em defesa da tarifa zero.

Desde o último dia 7, a tarifa básica do transporte público coletivo por ônibus, trens e metrô subiu de R$ 3,8 para R$ 4. De acordo com a nota conjunta emitida pela prefeitura e o governo do estado, a elevação das tarifas é necessária para “adequar a receita ao custo dos sistemas”.

Fonte: Agência Mobile

http://m.agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-01/movimento-passe-livre-protesta-contra-aumento-da-tarifa-do-transporte-em-sp

MEC autoriza uso de nome social na educação básica para travestis e transexuais

Resolução do Ministério da Educação (MEC) homologada hoje (17) autoriza o uso do nome social de travestis e transexuais nos registros escolares da educação básica. A norma busca propagar o respeito e minimizar estatísticas de violência e abandono da escola em função de bullying, assédio, constrangimento e preconceitos. O nome social é aquele pelo qual as travestis, mulheres trans ou homens trans optam por ser chamados, de acordo com sua identidade de gênero.

“Essa era uma antiga reivindicação do movimento LGBTI [lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais] que, na verdade, representa um princípio elementar do respeito as diferenças, do respeito à pessoa e ao mesmo tempo de um combate permanente do Ministério da Educação contra o preconceito, o bullying, que muitas vezes ocorre nas escolas de todo o país. É um passo relevante para o princípio do respeito às diferenças e o combate aos preconceitos”, enfatizou o ministro Mendonça Filho ao homologar o texto, que foi aprovado pelo Conselho Nacional de Educação em setembro do ano passado.

A resolução ainda será publicada no Diário Oficial da União. Com a edição da medida, o ministério atende à demanda de pessoas trans que querem ter sua identidade de gênero reconhecida. Em 2015, uma resolução do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (CNDC/LGBT) definiu parâmetros para acesso e permanência de pessoas trans em diferentes espaços sociais, entre eles o direito ao uso do nome social nas redes de ensino.

A realidade, no entanto, não está de acordo com essa recomendação do conselho, que não tem força de lei. Presidenta da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Keila Simpson afirma que a exclusão sofrida pelas pessoas trans no Brasil também é visível no ambiente escolar. “Quem mais está fora desse espaço da escola é a população trans, porque a escola não se preparou para nos receber”, critica.

No Ceará, essa situação foi vivenciada pela estudante Lara, de 13 anos. No ano passado, ela passou a se reconhecer como mulher e, por causa disso, a sofrer preconceitos no ambiente escolar, chegando a ser “convidada” a sair da Escola Educar Sesc. A mãe, Mara Beatriz, conta que a adolescente foi vítima de uma série de violências por causa de sua identidade de gênero. O nome civil dela, masculino, era utilizado em todos os registros escolares escritos, como em provas e boletins. A estudante não tinha acesso ao banheiro feminino e, para não usar o masculino,  teve que se limitar a ir apenas ao banheiro da coordenação. Até o direito de ter o nome social garantido na carteirinha de estudante, que era assegurado pelo órgão emissor do documento, foi inviabilizado pela escola, que não confirmou a matrícula da estudante ao órgão.

“Era algo que causava muito sofrimento, porque antes aquele era um ambiente em que ela se sentia muito bem na escola, onde estudava desde os 2 anos de idade”, lembra a mãe, que decidiu usar as redes sociais para denunciar o preconceito contra a filha. Sete dias depois das denúncias e de o caso ter ganhado repercussão na mídia, o Sistema Fecomércio, que controla a escola, informou que havia ocorrido “uma falha pontual interna” e que o nome social da estudante havia sido regularizado em todos os documentos.

Além disso, a instituição se comprometeu a estimular o debate sobre questões de gênero com toda a comunidade escolar e a adotar ações permanentes de combate ao preconceito.

Para evitar que esse tipo de situação se repita, a nova resolução do MEC estimula que as escolas de educação básica estabeleçam diretrizes e práticas para o combate a quaisquer formas de discriminação em função de orientação sexual e identidade de gênero de estudantes, professores, gestores, funcionários e respectivos familiares na elaboração e implementação de suas propostas curriculares e projetos pedagógicos, além de estimular e respaldar quem já utiliza o nome social. A educação básica inclui a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio.

A falta de reconhecimento leva à ausência de dados sobre a situação. Não há estudos específicos ou informações oficiais sobre o número de pessoas trans nas escolas, algo que poderá a ser mensurado a partir da adoção da resolução do MEC. “A partir disso, a gente espera ter uma dimensão de quem são as pessoas trans que estão nas escolas”, disse Keila, da Associação Nacional de Travestis e Transexuais. Ela destaca que o acompanhamento das pessoas trans que fazem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) só se tornou possível em 2014, quando os candidatos passaram a poder usar o nome social. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apenas 303 pessoas optaram por usar nome social no Enem do ano passado.

Mais direitos

A luta pela garantia dos direitos da população trans tem provocado mudanças em outras áreas. Desde 2013, o Ministério da Saúde possibilitou que travestis e transexuais passassem a usar o nome social no Cartão SUS. “Não é uma tarefa simples, a gente trabalha todo dia para que os espaços adotem iniciativas como essa e respeitem o que está posto”, afirma Keila. Em 2017, a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que transexuais têm direito à alteração do gênero no registro civil, mesmo sem realização de cirurgia de mudança de sexo.

No Supremo Tribunal Federal (STF), estão em debate o direito dessas pessoas usarem o banheiro condizente com a identidade de gênero que elas reivindicam, bem como a possibilidade de transexuais alterarem o nome no registro civil sem a realização de cirurgia de mudança de sexo.

Fonte: Agência Mobile

http://m.agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2018-01/mec-autoriza-uso-de-nome-social-na-educacao-basica-para-travestis-e

Mega-Sena acumula, próximo prêmio deve pagar R$ 15 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.005 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira. O próximo prêmio dever pagar R$ 15 milhões

As dezenas sorteadas foram: 11, 19, 22, 33, 34 e 53.

A Quina teve 44 apostas ganhadoras. Cada uma delas receberá R$ 42.875,50.

Já a Quadra registrou 4.052 vencedores, que receberão R$ 665,11 cada.

Fonte: O Globo

https://oglobo.globo.com/brasil/mega-sena-acumula-proximo-premio-deve-pagar-15-milhoes-22299252

 

Sétimo lote do abono salarial 2016 começa a ser pago hoje

Quase 3,6 milhões de trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro e de servidores públicos com inscrição de final 5 podem sacar, a partir de hoje (18), o abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) referentes ao ano-base 2016.

O Ministério do Trabalho informou que, neste sétimo lote, serão liberados R$ 2,671 bilhões para o pagamento de benefícios que variam de R$ 80 a R$ 954, de acordo com o tempo de trabalho no ano-base. O valor referente ao PIS deve ser retirado em agências da Caixa Econômica Federal e, ao Pasep, em agências do Banco do Brasil.

O abono salarial ano-base 2016 começou a ser pago em 27 de julho de 2017 e, até o final do ano, foram liberados recursos para trabalhadores privados nascidos de julho a dezembro e para servidores públicos com finais de inscrição de 0 a 4. Dados preliminares mostram que já foram pagos R$ 8,11 bilhões a 11,07 milhões de trabalhadores, o equivalente a 45,17% dos mais de 24,5 milhões de beneficiários que têm direito ao abono.

O valor ainda disponível para saque é superior a R$ 9,8 bilhões. O governo informou que mesmo quem já teve o benefício liberado no ano passado mas não sacou o recurso pode fazer a retirada do abono salarial. O dinheiro ficará disponível para saque nas agências bancárias até 29 de junho. Depois, os benefícios que não forem sacados retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador, para pagamento do benefício referente ao próximo ano e do seguro-desemprego.

Direito

O abono salarial ano-base 2016 é pago a quem estava inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e trabalhou formalmente por pelo menos um mês naquele ano, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, é preciso que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais.

Depois do pagamento que começa esta semana, mais dois lotes ainda serão pagos pelo ministério. No dia 22 de fevereiro, começam a ser liberados os recursos para quem nasceu em março e abril, além de servidores com inscrições de finais 6 e 7. Já em 15 de março, começam a receber o benefício quem faz aniversário em maio e junho e servidores com inscrições finalizadas em 8 e 9.

Mais informações podem ser acessadas por meio dos seguintes canais disponibilizados pelo governo: Alô Trabalho, do Ministério do Trabalho: 158; Caixa: 0800-726 02 07; e Banco do Brasil: 0800-729 00 01. As ligações são gratuitas de telefone fixo e podem ser feitas de qualquer cidade brasileira.

Fonte: Agência Mobile

http://m.agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-01/setimo-lote-do-abono-salarial-2016-comeca-ser-pago-hoje

Forças de segurança realizam operação em comunidades da Zona Norte do Rio

Homens das polícias Civil, Militar, Federal e das Forças Armadas realizam uma operação em pelo menos quatro comunidades da cidade do Rio na manhã desta quinta-feira (18). Os agentes estão nas comunidades do Jacarezinho, Manguinhos, Mandela e Arará, todas na Zona Norte do Rio.

Até 8h05, três pessoas foram presas. Contra um dos detidos existiam dois mandados de prisão. Ele foi preso na comunidade do Jacarezinho. Os agentes também apreenderam drogas que foram levadas para a Cidade da Polícia.

Três mil homens do Exército e 400 da Polícia Civil participam da operação. Ainda não se sabe o número de policiais militares e federais envolvidos. Fontes das forças de segurança afirmam que a operação teria vazado.

Desde o fim da madrugada desta quinta era possível observar a circulação de diversos comboios das Forças Armadas pelas principais vias expressas do Rio, como as linhas Amarela e Vermelha. Um enorme contingente de policiais e de militares também se reuniu na Cidade da Polícia, também na Zona Norte, que fica próxima a algumas das comunidades.

As Forças Armadas são responsáveis pelo cerco às comunidades e estão baseadas em pontos estratégicos. O espaço aéreo está sendo controlado, com o controle da circulação de aeronaves civis nas áreas de atuação dos militares. Não há interferência no trabalho dos aeroportos.

No começo da manhã, quando o Exército passou pelo local onde o delegado Fábio Monteiro foi abordado na favela do Jacarezinho e tiros chegaram a ser disparados. Ele foi morto por criminosos na região há uma semana.

O Disque Denúncia divulgou um cartaz com os rostos de alguns dos procurados pelos policiais nas comunidades. Eles pedem que a população ajude as forças de segurança com informações sobre eles por meio do Whatsapp, pelo número (21) 98849-6099, pelo telefone (21) 2253-1177, pelo aplicativo do Disque Denúncia do RJ ou por mensagem privada na página no Facebook.

Morte de delegado

A operação acontece após o assassinato do delegado da Polícia Civil e ex-agente da Polícia Federal Fábio Monteiro, que foi encontrado morto em um carro próximo às favelas do Arará e Jacarezinho na última sexta-feira (12).

Lotado na Central de Garantias Norte, ele era casado e tinha dois filhos. Ele era professor de Direito Penal e Processo Penal.

No mesmo dia em que o delegado foi morto, a Polícia Civil deu início a uma operação na região em busca de suspeitos de matar Fábio Monteiro. Ao menos uma pessoa foi baleada. Participaram do cerco equipes de 31 delegacias. Um grupo de aproximadamente 40 pessoas chegou a ser conduzido à Cidade da Polícia.

Morte de delegado

A operação acontece após o assassinato do delegado da Polícia Civil e ex-agente da Polícia Federal Fábio Monteiro, que foi encontrado morto em um carro próximo às favelas do Arará e Jacarezinho na última sexta-feira (12).

Lotado na Central de Garantias Norte, ele era casado e tinha dois filhos. Ele era professor de Direito Penal e Processo Penal.

No mesmo dia em que o delegado foi morto, a Polícia Civil deu início a uma operação na região em busca de suspeitos de matar Fábio Monteiro. Ao menos uma pessoa foi baleada. Participaram do cerco equipes de 31 delegacias. Um grupo de aproximadamente 40 pessoas chegou a ser conduzido à Cidade da Polícia.

Fonte: G1

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/forcas-de-seguranca-realizam-operacao-em-comunidades-da-zona-norte-do-rio.ghtml

Bolsonaro destina 60% de emendas para saúde de militares

Levantamento feito pelo Estadão/Broadcast com dados de 2014 – ano da última eleição presidencial – a 2018, mostra que o pré-candidato à Presidência da República e deputado Jair Bolsonaro destinou mais de R$ 45 milhões em emendas parlamentares para atividades relacionadas às Forças Armadas de pouco mais de R$ 76 milhões indicados por ele no Orçamento nesse período. Embora tenha um discurso de defesa da segurança pública, as emendas do ex-capitão do Exército foram majoritariamente para saúde de seus colegas militares.

 

Nos últimos anos, o deputado reservou recursos para o Comando da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. A maior parte das rubricas orçamentárias foram para assistência médica e odontológica de servidores e militares, unidades de saúde das Forças Armadas, laboratórios, compra de equipamentos hospitalares e ambulâncias, além da modernização de hospitais militares. Quase todos os anos, o parlamentar garantiu verba para a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), onde se formou, e à brigada paraquedista do Exército, por onde também teve passagem.
Fonte? Magno Martins
http://www.blogdomagno.com.br/

Governo estuda reverter taxa sobre o etanol dos EUA

A taxação que vem coibindo a importação excessiva do etanol norte-americano pode ser extinta pelo Governo Federal. De acordo com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, esta possibilidade pode ser levada à Câmara de Comércio Exterior (Camex) antes do prazo previsto para a reavaliação da tributação, que foi retomada em agosto do ano passado e teria validade de dois anos. Afinal, pode ser o fator que a União precisa para cobrar a volta da importação da carne brasileira pelos Estados Unidos. A ideia, porém, tem gerado críticas no setor sucroalcooleiro nacional, que se diz ameaçado pelo fim da cobrança.

“Os preços da gasolina no Brasil mudaram muito. Como os preços do etanol são atrelados à gasolina, me parece que não faz muito sentido a proteção que colocamos lá atrás”, argumentou Blaggi, frisando que a mudança só será realizada depois que o Ministério da Agricultura analisar todos os dados de produção e importação. “Depende do estudo que vamos fazer. Não tenho nenhuma restrição em fazer, desde que os números mostrem que essa taxação não faz mais sentido nesse momento. E se acharmos que isso pode ser retirado, não terei dificuldade de levar à Camex”, destacou o ministro.

Maggi lembrou que os Estados Unidos reivindicam o fim da taxação e estão sem importar a carne brasileira desde a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março do ano passado. Por isso, o Brasil poderia aproveitar a situação para negociar uma solução conjunta para os dois casos. “Há muitos interesses comerciais nesse processo, é um mercado extremamente disputado. No início desse ano esperamos reabilizar esses mercados”, reconheceu.

Para o setor sucroalcooleiro, no entanto, a troca não compensa, pois prejudica a economia e a geração de empregos no Nordeste. “O Ministério da Agricultura não pode utilizar, a seu bel-prazer, determinado produto como moeda de troca em barganhas externas, prejudicando empregos nacionais, aumentando desocupações e impondo desequilíbrios socioeconômicos. O País, só no nordeste canavieiro, emprega formalmente mais de 260 mil pessoas na agricultura da cana destinada a etanol”, reclamou o presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco (Sindaçúcar-PE), Renato Cunha.

Ele lembrou ainda que o Nordeste foi muito prejudicado pela importação do etanol norte-americano, que bateu recordes no ano passado, derrubando o preço do produto nacional. O problema só começou a se estabilizar em agosto do ano passado, quando a Camex aprovou a volta da taxação do combustível. A ideia era permitir a importação de até 600 milhões de litros à tarifa zero, mas cobrar uma alíquota de 20% em cima das operações realizadas depois de atingida essa cota. A medida valeria até agosto de 2019, mas teria avaliações trimestrais e a próxima pode acontecer no próximo mês.

Fonte? Folha- PE

http://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/01/17/NWS,55811,10,550,ECONOMIA,2373-GOVERNO-ESTUDA-REVERTER-TAXA-SOBRE-ETANOL-DOS-EUA.aspx

Prefeituras começam a entrega dos carnês do IPTU 2018

A distribuição dos carnês para pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) referente ao exercício fiscal de 2018 já começaram a ser distribuídos em cidades da Região Metropolitana do Recife e concedem descontos para contribuintes. Jaboatão dos Guararapes e Olinda, por exemplo, oferecem descontos de até 30% para os seus contribuintes. O valor do tributo sofreu reajuste de 2,7% em relação ao cobrado em 2017 em Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Paulista por conta da correção ajustada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).


A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes iniciou a distribuição dos mais de 120 mil carnês nesta terça-feira (16). Os contribuintes do município que estão adimplentes e pagarem a cota única até o próximo dia 9 de fevereiro terão descontos de até 30% no pagamento. Já as pessoas que optarem pelo pagamento de forma parcelada, podem pagar em até 10 vezes, e desconto de até 10%. Com os incentivos do imposto, a Secretaria Municipal da Fazenda do município espera que a arrecadação chegue a R$ 67 milhões em 2018.

Os contribuintes que quiserem adquirir os carnês e realizar o pagamento antecipado podem ir à sede da Secretaria Municipal da Fazenda, localizada na Avenida Bernardo Vieira de Melo, 1650, no bairro de Piedade, ou às regionais de Jaboatão Centro, Cavaleiro e Curado. Os postos de atendimento funcionam das 8h às 17h.

Já a Prefeitura Municipal de Olinda espera iniciar na próxima segunda-feira (22) a distribuição dos carnês para pagamento do IPTU 2018. Os colaboradores que estiverem em dia com o pagamento dos exercícios de anos anteriores, terão o direito de pagar a cota única do imposto com desconto de até 30%. Quem optar pelo pagamento em parcelas, será concedido desconto de 10% do valor do imposto, caso esteja em dia com município. O vencimento será em 19 de fevereiro, tanto para pagamento em cota única como de forma parcelada. O colaborador que estava inadimplente até 2017, e optar pelo pagamento em cota única terá desconto de até 10%.

Os carnês devem começar a serem entregues no dia 22 de janeiro, mas o contribuinte já pode encontrar o boleto disponível no Portal do Contribuinte (www.sefad.olinda.pe.gov.br). A Prefeitura de Olinda espera com o IPTU diminuir a taxa de inadimplência da cidade, que foi de 59% em 2017.

Em Paulista, o vencimento do tributo é dia 02 de fevereiro, e quem estiver em dia com a cidade tem garantia de 20% de desconto no pagamento da cota única. Quem possuir alguma pendência com o município terá desconto de 10% no pagamento de forma única. Já quem optar pelo parcelamento do imposto não terá nenhum tipo de redução. No site oficial do município (www.paulista.pe.gov.br) os contribuintes já podem consultar os valores do IPTU 2018.

A Prefeitura do Recife espera arrecadar cerca de R$ 564 milhões com os mais de 400 mil carnês para pagamento do IPTU e da Taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos Domiciliares (TRSD). O pagamento do imposto pode ser feito até o dia 10 de fevereiro, tanto para quem optar pelo pagamento da cota única quanto para quem vai dividir o valor em até 10 vezes. Para quem não tem débito junto à Prefeitura do Recife e optar pela cota única, a Secretaria de Finanças concede 10% de desconto. Já para o contribuinte adimplente que pretende parcelar, o desconto é de 5% para quem pagar até o vencimento das respectivas parcelas.

Fonte? Folha-PE

http://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2018/01/17/NWS,55787,10,550,ECONOMIA,2373-PREFEITURAS-COMECAM-ENTREGA-DOS-CARNES-IPTU-2018.aspx

Resultado do Enem 2017 deve ser divulgado às 11h de quinta-feira

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 deve ser divulgado amanhã (18), às 11h, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no mesmo horário da entrevista coletiva com o ministro da Educação. O resultado individual estará disponível na internet, na Página do Participante.

Inicialmente, a divulgação estava prevista para o dia 19, mas, no início da semana, o Ministério da Educação anunciou a antecipação da data.

Para acessar o resultado, será necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações.

A edição de 2017 do Enem tem novidades. As provas foram aplicadas em dois domingos consecutivos, com a redação no primeiro dia.

No dia 5 de novembro, os candidatos fizeram as provas de linguagem, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. Em 12 de novembro, foram aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte? Agencia  Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-01/resultado-do-enem-2017-deve-ser-divulgado-na-quinta-feira

MEC inicia debates para implantar Base Nacional Comum Curricular

O Ministério da Educação (MEC) escolheu o Ceará para começar a elaborar as estratégias de implantação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para a educação infantil e o ensino fundamental. As diretrizes, que definem a aprendizagem essencial que todos os alunos, tanto na rede pública como particular, devem adquirir na escola, foram homologadas em dezembro e entram em vigor em janeiro de 2019.

O secretário da Educação Básica do MEC, Rossieli Silva, reuniu-se hoje (16) em Fortaleza com o secretário da Educação do Ceará, Idilvan Alencar, e com o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime), Aléssio Costa Lima, para debater o assunto e conhecer as experiências do estado que podem auxiliar na construção e revisão dos currículos, material didático e formação de professores.

Silva destacou o modelo do Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic), implantado há 10 anos no Ceará e que reduziu de 32% para 0,7% o número de crianças não alfabetizadas até o final do segundo ano.

“A base trouxe essa decisão de, na alfabetização, seguir o exemplo do Ceará e ter a alfabetização feita até o segundo ano. O restante será feito respeitando o contexto local. O currículo não será definido por Brasília ou por gabinetes, mas pela participação dos professores num processo que já é feito aqui no estado”, disse o representante do MEC.

Idilvan Alencar, que também preside o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), explicou que o programa cearense criou formas de cooperação entre o estado e os municípios que podem facilitar a implantação da BNCC e servir de exemplo para o Brasil.

“Implantar a base significa desenvolver currículos e materiais didáticos novos. É um grande desafio, pois o documento oportuniza direitos iguais para todos. Defendemos uma boa implantação, com a participação de professores e diretores e, aqui do Ceará, vamos ajudar nacionalmente”, acrescentou Idilvan.

A elaboração ou atualização dos currículos é um dos primeiros passos da implantação da Base Nacional Comum Curricular. Segundo Aléssio Costa Lima, da Undime, os currículos podem ser municipais, regionais ou estaduais e devem envolver todos os atores.

“Queremos uma discussão articulada, subsidiada pelo Ministério da Educação, que propicie aos municípios criar redes de colaboração para ter currículos que reflitam as realidades locais. É preciso ter uma formação intensa das equipes técnicas das secretarias de Educação e, a partir daí, traçar os passos para que esta discussão chegue na ponta, ao professor, e que ele participe de forma muito crítica para poder vivenciar a BNCC de forma prática”, enfatizou Rossieli.

Nesta quarta-feira (17), em Brasília, o MEC dá prosseguimento aos debates sobre a implantação da Base Comum Curricular, em reunião com representantes de outros estados e de entidades da sociedade civil.

Fonte? Agencia  Brasil

http://m.agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-01/mec-inicia-debates-para-implantar-base-nacional-comum-curricular